Sue Radford é mãe de 22 filhos e estima que já gastou mais de R$ 7 milhões para cuidar da prole
Reprodução/Instagram
Sue Radford é mãe de 22 filhos e estima que já gastou mais de R$ 7 milhões para cuidar da prole

Se os gastos com um ou dois filhos já deixam as famílias de cabelo em pé, imagina como é para as casas que são lotadas de crianças, como essa mãe que gasta R$ 2,5 mil no mercado para alimentar os 16 filhos . No Reino Unido, a família de Sue Radford é ainda maior. Ela e o marido Noel são pais de 22 filhos, desses 18 ainda moram com eles.

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o casal calcula que já gastou cerca de 1 milhão de libras para criar a prole, o equivalente a R$ 7,68 milhões. O filho mais velho de Sue e Noel já está com 31 anos e eles estimam que foram gastos R$ 691 mil apenas com presentes de aniversário desde que o primogênito nasceu.

"Eu tento não pensar muito em quando isso custa. O que eu poderia ter no lugar? Um belo carro esportivo. Um Porsche na garagem", diz Noel. "Nós poderíamos estar morando em uma mansão", Sue completa.

O casal é dono de uma padaria e toda renda deles vem do estabelecimento comercial. "São cerca de R$ 230 mil só para manter a casa funcionando e alimentar todo mundo. Então temos que vender muitas tortas para nos sustentar", Noel explica. Mesmo com todos esses custos, ele não imagina a vida de outra maneira. "O nosso luxo é as crianças e o dinheiro não pode comprar o que nós temos", garante.

Gravidezes

Com 22 filhos, Sue calcula que passou 16 anos e meio grávida no total. Ela deu à luz a filha mais nova em abril de 2020 e fala que a experiência de passar por uma gestação e por um parto não passa a ser menos mágica nem mais fácil.

"O primeiro ultrassom é sempre muito empolgante. O momento quando você ouve a primeira batida do coração é mágico. Não importa se é a sua primeira gestação ou a vigésima segunda", diz.

Sue também falou um pouquinho dos partos que já teve. A mãe de 22 filhos disse que o mais rápido durou apenas 45 minutos, já o mais longo 36 horas. "Muitas pessoas perguntam se fica mais fácil. E a resposta é não", afirma.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários