Após perder o bebê que estava esperando, a influenciadora digital Lary Oliveira teve complicações e acabou morrendo nesta quinta-feira (24). Ela estava no quinto mês de gestação e esperava um menino que ia se chamar Hennry. No último domingo (20), o marido da influencer, Wellington Tarcísio, anunciou nas redes sociais a perda da criança. Hoje, ele anunciou a morte da parceira, que vinha recebendo mensagens de ódio nas redes sociais.

Lary Oliveira
Reprodução/Instagram
Lary Oliveira morreu após sofrer um aborto

“Nós tínhamos tantos planos, minha linda... Já não basta enterrar o nosso filho, agora vou enterrar você, minha gordinha. Saiba que te amo onde quer que eu estiver, tá?”, escreveu Wellington, que é conhecido nas redes sociais como Lacostt.

Em uma outra publicação, o marido de Lary explicou que a gravidez dela não foi nada fácil. “46 internações, várias UTIS, Várias transferências, cateter, fisioterapia, entre outras coisas, ela venceu todas. Estava feliz comigo e a tão sonhada gestação”, contou.


Na mesma publicação, ele também falou das críticas que a influencer vinha recebendo. “Infelizmente, uma pessoa podre sem alma, sem coração, sem nada, jogou olho gordo, inveja e desejou o mal para ela e para o nosso bebê e, infelizmente, não sobreviveram nenhum dos dois, do mesmo jeito que a pessoa falou aconteceu.”

Ele acrescentou: “Inveja não é causada porque você tem fama, dinheiro, beleza ou carro, inveja é causada porque você é feliz, porque você está realizando metas, porque você está conquistando suas coisas aos poucos com seu esforço e sua fé. Tomem muitíssimo cuidado ao publicar sua vida em alguma rede social”. A mãe de Lary, Danny Pacheco, também divulgou que recebia mensagens no Instagram de pessoas desejando mal para a filha e o genro.

    Veja Também

      Mostrar mais