O primeiro abraço entre mãe e filho é um dos rituais mais importantes para marcar o laço familiar. No caso do bebê Pierre, o evento precisou ser adiado devido à infecção por Covid-19 que causou uma cesariana de emergência, coma induzido e entubação para salvar a vida da mãe. Após recuperar-se do coma, porém, a mãe recebeu uma surpresa do hospital: a chance de ver o filho pela primeira vez por meio de uma videochamada.

Leia mais: Casamento duplo: irmãs e gêmeos dizem sim na mesma cerimônia

Ver essa foto no Instagram

Uma boa história para começar a semana! Pierre é um bebê que a mãe foi acometida pelo COVID, infelizmente ela necessitou de suporte ventilatorio (intubação), coma induzido e cesárea de emergência. Logo após acordar do coma, a primeira pergunta da mãe foi: cadê meu filho? Ai que entra a história do Gustavo Wagner (coordenador da UTI Adulto) e @thaaycid (enfermeira da UTI Pediátrica). Um teve a ideia de fazer a vídeo-chamada e o outro teve a ideia de fazer a placas do que o “bebê” e a equipe gostaria de dizer a mãe! O resultado esta aí nesse vídeo. Queria parabenizar aos profissionais que trataram e conduziram esse caso. Hoje o Pierre está em casa. Eu só posso dizer uma coisa, sorte em trabalhar com vocês! Queria parabenizar aqueles que trataram do Pierre, principalmente o @felipemotta_ que estava ele com ele desde a sala de parto. E também @_pedgui_ @dudacanellas @clleya @adriratund @danielraylander @lorena.mfs.andrade @fono_beatriz

Uma publicação compartilhada por Thallys Ramalho (@thallys.ramalho) em

Além de possibilitar o encontro virtual - que ocorreu no Hospital Santa Helena, em Brasília - a equipe adicionou placas com frases que "o bebê" gostaria de dizer para a mãe, desejando força e prometendo que tudo ficaria bem. No vídeo, é possível ver a mulher chorar de emoção.

Leia mais: Mãe dá à luz em casa e transmite parto ao vivo no Instagram

O encontro foi organizado pelo médico Gustavo Wagner, coordenador da UTI adulto do hospital, e pela enfermeira obstetra Thayná Cid, da ala de pediatria . O registro foi publicado na página do médico Thallys Ramalho, que integra a equipe. Na legenda, o profissional parabenizou os colegas pela ideia e condução do caso, acrescentando que o bebê está bem e em casa.

    Veja Também

      Mostrar mais