O relato furioso de uma mãe dividiu opiniões em um fórum sobre maternidade. Na publicação, a indiana Reshni Ratnam explica sobre o aniversário de um ano da sua primeira filha , Isla. De acordo com ela, a menina comeu o bolo de aniversário da festa “sem a sua permissão”, o que configura uma situação de desrespeito por parte de quem ofereceu.

Leia mais: Mãe tira foto de filhos sem perceber cobra venenosa a metros das crianças

bebe
Reprodução/Arquivo pessoal
Furiosa, a mãe reforça que apenas ela e o marido pode escolher o que a filha pode ou não comer

“Nós acompanhamos a alimentação da nossa filha de perto e evitamos ao máximo produtos industrializados. Também não adicionamos sal à comida caseira”, conta Reshni, que viu a filha nascer prematura e pesando apenas 1,2kg, o que rendeu à pequena o apelido de “bebê-milagre”.

Para elan - especialmente considerando os riscos que a filha correu ao nascer - o corpo de Isla ainda não estava pronto para uma “bomba de açúcar” e ficou seriamente doente após a festa de aniversário. 

Leia mais: Veja 10 erros na alimentação dos filhos e saiba como evitá-los

A mãe também desabafou sobre os comentários de julgamento que recebeu dos outros convidados após a situação. De acorodo com ela, muitas pessoas questionaram o seu comportamento. “As pessoas dizem que é 'só bolo' e questionam o motivo de ela não poder comê-lo no próprio aniversário ”. 

“Ela vomitou bastante no final da festa e teve uma dor de barriga que durou dias, o que é uma das evidências de que não estava preparada para o que comeu”, relembra Reshni. Apesar disso, a mãe reconhece que “as fotos do aniversário certamente ficaram ótimas e nós vamos nos divertir quando ela melhorar”, diz. 

Por último Reshni tranquiliza as pessoas que enxergam uma postura autoritária em sua irritação, comentando que, quando tiver mais idade, a filha obviamente poderá ampliar a dieta, mas por enquanto essa decisão cabe apenas aos pais da criança. “Você não decide o que a minha filha pode ou não comer. Eu decido”, finaliza. 


    Leia tudo sobre:

    Veja Também

      Mostrar mais