Tamanho do texto

Serena já desejava ter um parto em casa, mas não esperava que o nascimento de Callie fosse acontecer no dia em que sua obstetriz estivesse de folga

A chegada da segunda filha de Serena Nicholls foi uma experiência e tanto. Isso porque a mãe começou a sentir contrações quando foi buscar a filha, Hailie, de três anos, na escola, mas não achou que estivesse em trabalho de parto. Uma hora depois, em casa, ela deu à luz Callie — mais especificamente no chão de seu quarto, enquanto o pai das crianças, Mike Rolls, recebia instruções dos paramédicos por telefone.

Leia também: Mãe faz o próprio parto em casa e babá eletrônica grava tudo

Serena Nicholls, Mike Rolls e as filhas, Hailie e Callie arrow-options
Reprodução/Facebook
Ao sentir as contrações, Serena percebeu que estava em trabalho de parto, mas não daria tempo para os médicos chegarem

"Mike estava no telefone com os paramédicos e Kerrylee [irmã de Mike e cunhada de Serena] também estava lá, pegando toalhas e me ajudando a deitar no chão do quarto.  Enquanto Mike estava falando com o operador de emergência eu percebi que podia sentir a cabeça de Callie. Então senti a onda de adrenalina e uma urgência para empurrar", diz a mãe ao Metro UK .

"Com um empurrão, a cabeça dela saiu e com outro, seu corpo. Então eu me estiquei, a peguei e a segurei nos meus braços. Quando lembro da cena, penso que eu fiz o parto do meu próprio bebê  , me sinto muito orgulhosa de mim mesma."

"Foi um momento empoderador e o melhor de tudo é que Hailie conheceu a irmã logo depois do parto. Ela estava no cômodo ao lado e, assim que ouviu o choro, entrou para vê-la. Foi uma cena que aqueceu meu coração", completa.

Leia também: Mãe transmite parto natural e na água ao vivo no YouTube

Mãe já queria ter parto em casa

Os planos da família, que vive em Berkshire, Inglaterra, para o nascimento de Callie já incluiam o parto em casa, ainda mais porque Hailie também nasceu dessa forma. Segundo Serena, o que tornou essa vez diferente foi que ela sabia o que esperar. 

No primeiro parto, a mãe de Serena, Madalyn, foi quem a ajudou. "Hailie nasceu 20 minutos após a minha bolsa estourar. Os paramédicos chegaram cerca de 10 minutos depois, correndo com um tubo de ar e me viram sentada com o bebê", lembra. Na segunda gravidez, ela recebeu o acompanhamento de uma obstetriz, mas não esperava dar à luz naquele dia. 

"Minha obstetriz até brincou comigo para não ter o bebê nesse dia, porque ela não estaria de plantão.  Era o aniversário do Mike também, então a família dele chegaria mais tarde para a festa e eu precisava buscar Hailie na escola. No caminho comecei a sentir as contrações."

Leia também: Mãe conta como foi ter o filho sozinha no banheiro de casa

Assim que chegou em casa, Serena contou o intervalo de tempo entre uma contração e outra e ligou para o hospital, pedindo auxílio de uma obstetriz. "Eles falaram que a profissional chegaria em 30 minutos, mas eu sabia que o bebê nasceria antes disso. Mike e a irmã dele foram incríveis e me ajudaram em todos os momentos. Quando Hailie a viu foi um momento incrível. Ela disse 'É um bebê', foi muito fofo", finaliza a mãe