Tamanho do texto

Cansada de ouvir comentários sobre o assunto, blogueira implora para as pessoas deixarem de ser inconvenientes: "Você não tem o direito de falar"

A blogueira norte-americana Dani Sherman não sofreu de obesidade infantil, mas lembra de ter passado maus bocados por conta da pressão estética. Na infância, a influenciadora foi diagnosticada com anorexia e acredita que os distúrbios alimentares estão relacionados aos comentários que fazem sobre o corpo das crianças. Hoje, mãe de uma menina de dois anos, a moça avisa que não aceitará que façam o mesmo com sua filha.

Em relato, Dani Sherman conta que fica triste quando alguém fala que sua filha de dois anos sofre de obesidade infantil
Reprodução/Facebook
Em relato, Dani Sherman conta que fica triste quando alguém fala que sua filha de dois anos sofre de obesidade infantil


Segundo ela, a pequena sempre teve dobrinhas, mas ninguém nunca imaginou que isso poderia ser um sinal de obesidade infantil . Várias pessoas diziam para a mãe, inclusive, que as gordurinhas sumiriam quando a garotinha começasse a andar, o problema é que isso não aconteceu. “Infelizmente, ela tem várias dobrinhas até hoje”, afirma Dani.

Chateada com alguns comentários que escuta diariamente, a mulher resolveu publicar um desabafo em sua página do Facebook. No texto, ela se lembrou de uma ocasião que a deixou angustiada, e disse que entende que nem sempre falam na maldade, a questão é que ela fica magoada mesmo assim. “Acreditem ou não, vou sentir falta daquelas dobrinhas quando forem embora”, diz ela, que faz questão de tirar várias fotos da pequena para guardar de recordação.

“Uma vez, a babá de uma coleguinha de acampamento da milha filha disse que ela é muito gordinha e perguntou o peso dela. Minha filha estava perto e olhou para mim, enquanto seus braços entrelaçaram as minhas pernas, como em um abraço. Nós estávamos apenas conversando porque havíamos chegado antes do horário combinado pelo acampamento e, então, veio essa pergunta. Desde então, não consigo esquecer o que ela falou”, relata Dani.

Leia também: Risco de obesidade, sedentarismo e mais: pesquisa alerta sobre hábitos infantis

Para ela, a situação foi constrangedora e só a fez acreditar, ainda mais, que os adultos deveriam ter mais senso ao abordarem o assunto. “Por favor, por favor, por favor, nunca comente sobre o peso de uma criança, principalmente na frente dela. Minha filha só tem dois anos e eu não acho que ela entendeu o que aconteceu. Mas o fato é que ela tem dois ouvidos que funcionam muito bem”, implora Dani.

Mulher acredita que só os pais devem falar sobre a obesidade infantil

Filha de blogueira é saudável e a mãe diz que fica atenta para as
Reprodução/Facebook
Filha de blogueira é saudável e a mãe diz que fica atenta para as "dobrinhas" não virarem, no futuro, obesidade infantil


A blogueira afirma que a filha aprende as coisas rápido e ela tem medo de esses comentários deixarem a garotinha triste ou com a autoestima baixa em uma fase que nem deveria se preocupar com a pressão estética. Dani garante, inclusive, que está de olho na alimentação da herdeira e diz que fica atenta para que essas gordurinhas não aumentem e façam mal, mas acredita que esse é um assunto que só diz respeito aos pais da pequena.

“A única maneira de avaliar o que a minha filha está aprendendo é observando as atitudes e frases que ela repete e eu não preciso que ela repita o que aconteceu nunca”, diz a influenciadora, que não quer que o  peso seja uma preocupação da menina de dois anos nem tão cedo. “A última coisa que ela precisa pensar é que é gordinha, quando na verdade é jovem, pequena e indefesa”, insiste.

Aos adultos que se preocupam com a obesidade infantil , Dani ainda deixa um recado: “Ela é saudável, feliz e perfeita. Seu peso não é o que a define. E da próxima vez que você achar que tem o direito de comentar sobre o corpo de alguém, saiba que não tem. Então, não fale nada.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.