Tamanho do texto

A intenção de Carolina Giraldelli era sentir na pele o que seu filho Enzo, de um aninho, sente com a marca de nascença que tem no rosto; leia a história

Carolina Giraldelli e seu filho Enzo, de um ano, ficaram conhecidos mundialmente após uma foto dos dois viralizar nas redes sociais. Isso porque o registro é especial e diferente de todos os outros que mãe e filho já postaram; na imagem, Carolina aparece com uma mancha no rosto, igualzinha à marca de nascença do garotinho.

Leia também: Mãe cria boneca com marca de nascença igual à da filha e encanta na web

Camila encheu o Instagram de amor ao publicar a foto em que aparece com a reprodução da marca de nascença do filho
Reprodução/Instagram
Camila encheu o Instagram de amor ao publicar a foto em que aparece com a reprodução da marca de nascença do filho


A ideia de "copiar" a marca de nascença do filho surgiu quando Enzo ainda era um recém-nascido, mas Carolina achou que seria especial fazer o registro no mês das mães, quando o garoto já estivesse maiorzinho, para ver a reação do pequeno. “Ele não é uma criança comum e eu nunca me importei com essa diferença. Pensei em fazer essa maquiagem para sentir o que ele sente, mesmo que ainda não entenda tudo”, revela em entrevista ao Delas .

Segundo ela, a brincadeira só foi possível graças ao trabalho da maquiadora Elaine Ricci, que aceitou o desafio. “Ela pediu umas quatro fotos do rosto do Enzo e, no dia que eu fui lá, fez de primeira. Ela viu que a marca de nascença dele tem partes mais escuras e outras mais claras e conseguiu reproduzir. O resultado ficou perfeito”, conta a empresária, que chorou de emoção quando se olhou no espelho.

Assim que acabou de fazer a pintura no rosto, a mato-grossense conta que foi encontrar o filho e registrou o momento em que ele viu a mudança no rosto da mãe em um vídeo que é de explodir o “fofurômetro”. Nas imagens, Enzo aparece olhando maravilhado para a mamãe e sorrindo desde o momento em que repara na mancha parecida com a que ele tem.


“Nesse dia, eu fiquei muito feliz e me senti a mulher mais bonita do mundo”, conta Carolina, que, por um momento, desejou realmente ter o sinal na pele como o filho. A mulher conta que curtiu tanto o resultado da make que resolveu passar o dia todo com o rosto pintado. No trabalho, algumas pessoas estranharam, mas ela não se importou, pois, segundo ela, estava transbordando amor.

Repercussão


Quando Carolina teve a ideia de fazer a maquiagem, só pensou em Enzo. Porém, ao ver que sua atitude já virou notícia até em outros países, ela revela que se emociona e fica surpresa. O Instagram da moça, que foi criado neste ano, tinha apenas 100 seguidores antes da publicação da foto com o rosto pintado. Agora, a mãe de Enzo já coleciona mais de quatro mil “amigos”.

“Tem pessoas de vários países me seguindo, já recebi várias mensagens. Algumas mulheres disseram que querem ser pelo menos a metade do que eu sou como mãe. Acho que estou anestesiada ainda”, conta a moça, que até bate papo com mães de outros bebês usando a rede social. “Eu não era de postar muitas coisas e estou achando a experiência muito bacana. Falei com mães de crianças que nasceram com deficiências em outras partes do corpo e estou passando e recebendo muito amor”, afirma, com a certeza de que Enzo se orgulhará dela no futuro.

Garotinho é um milagre

Carolina conta que viu Enzo rapidinho e, no primeiro olhar, achou que a marca de nascença poderia ser uma sujeirinha
Arquivo pessoal
Carolina conta que viu Enzo rapidinho e, no primeiro olhar, achou que a marca de nascença poderia ser uma sujeirinha


Enzo Giraldelli nasceu com uma mancha escura, que cobre parte de sua testa e estende-se para um lado do nariz. A marca é resultado de um nevo melanocítico congênito, que, nas palavras da mãe, é como se “a pele dele não tivesse pigmentado direito”.

Leia também: Por causa de marca de nascença, mulher se torna inspiração nas redes sociais

No período gestacional, a mãe do menino garante que fez todos os exames e nem imaginava que seu filho poderia nascer com a mancha no rosto, pois nada indicava que havia algo fora do normal. Na hora do parto, segundo ela, médicos e enfermeiros ficaram surpresos com a aparência do bebê e até chegaram a dizer que Enzo é um milagre.

“Eu tenho endometriose e ovários policísticos, o meu útero é cheio de varizes. A minha ginecologista, que também é minha tia, achou até que seria mais difícil eu engravidar. Mas a marca de nascença do Enzo não tem relação com isso e não tem nada que eu tenha feito ou deixado de fazer na gravidez que possa ter causado a mancha”, revela.

Assim que Enzo nasceu, Carolina conta que os médicos deixaram o bebê com ela por pouquíssimo tempo e, no “primeiro encontro” deles, ela afirma ter notado que a criança tinha uma mancha, mas pensou que poderia ser sujeira e se apegou a outros detalhes.

Camila não consegue explicar o amor que sente pelo filho e afirma que só quem é mãe sabe do que ela está falando
Arquivo pessoal
Camila não consegue explicar o amor que sente pelo filho e afirma que só quem é mãe sabe do que ela está falando


No hospital, a mãe percebia que as pessoas tinham receio da reação que ela teria com o filho. “É lógico que eu enxergava uma marca no rosto dele, mas o que eu via era uma criança iluminada. O amor de mãe é muito forte e inexplicável, só quem tem filho consegue entender”, diz ela, que entende a curiosidade dos conterrâneos.

 “Aqui é pequeno e as pessoas nunca viram um caso como o do Enzo. Até para os médicos com mais de 15 anos de experiência, é uma novidade. As pessoas estão acostumadas com pequenos sinais”, comenta, se referindo a Cáceres, município onde vive.

Caroline tem 26 anos e planejou a gravidez aos 25:
Arquivo pessoal
Caroline tem 26 anos e planejou a gravidez aos 25: "Conversei com o meu marido e deu certo na primeira tentativa"


Preocupada com a saúde do filho, Carolina procurou mais de três médicos para entender o que o garotinho tem e quais são os cuidados necessários. Segundo ela, Enzo faz um mapeamento microscópio confocal semestralmente, em São Paulo. No dia 28 deste mês, inclusive, a família embarcará para a terra da garoa, onde o pequeno será examinado novamente.

Leia também: Jovem faz foto com marca de nascença para combater preconceito

“Conhecemos um dermatologista que já tem uns 80 anos e ele passou segurança para nós. Por enquanto, sabemos que o bebê não pode ficar no sol por causa da marca de nascença , mas o que vem pela frente ainda é surpresa. O médico quer fazer vários exames e deixar qualquer procedimento para depois dos três anos de idade”, revela a mãe, esperançosa.

    Leia tudo sobre: maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.