Tamanho do texto

Se Paige Ferguson não tivesse procurado um médico a tempo, Colton teria morrido aos seis meses, depois de sofrer uma fratura ao cair da cama

Paige Ferguson sentia vergonha, mas superou o sentimento e resolveu contar o que realmente aconteceu com o seu filho. Aos seis meses, Colton caiu da cama, fraturou o crânio e ficou com sequelas graves no cérebro. Na época, o garoto ficou com um “galo” na cabeça, e a mãe, toda preocupada, o levou ao médico. Alguns diziam que ela estava se preocupando à toa, já que a cama era baixa. Porém, a vida do menino corria riscos.

Leia também: Alerta para os pais! Menino quase se enforca com cordas de persiana vertical

Colton caiu da cama, ficou com um
Reprodução/Facebook
Colton caiu da cama, ficou com um "galo" na cabeça e por pouco não morreu com uma parada cardíaca após fratura


Na queda, Colton sofreu uma fratura  no crânio e teve uma hemorragia interna. Segundo a mãe, pode ser até que ele não sobreviva. “Colton pode viver e nunca andar ou falar, Colton pode ficar bem, Colton pode ficar atrasado. Isso ainda está no ar e ele ainda está lutando por sua vida. Isso tudo é um pesadelo. Não quero que outros pais passem por isso”, publicou Paige em seu Facebook. 

Paige fez o post com a intenção de alertar os pais sobre o perigo de deixar um bebê dormindo na cama, mesmo que se coloquem travesseiros ou objetos do lado. Ela diz que os pais precisam levar a sério qualquer queda ou pancada que os filhos levem na cabeça. Se ela não tivesse procurado um médico a tempo, inclusive, seu filho não estaria mais vivo.

No desabafo, a moça também contou que assim que chegou ao hospital, no dia do acidente, Colton vomitou, e sem ter tempo de pensar duas vezes ela se viu dentro de um helicóptero com o pequeno sendo transferido de hospital para fazer uma cirurgia de emergência. No caminho, para tudo piorar, o bebê teve uma parada cardíaca.

Leia também: Sem perceber, mãe cozinha macarrão em formato de pênis para as filhas

“Não quero que nenhuma criança passe por isso. Por favor, leve qualquer golpe na cabeça a sério”, suplicou Paige em suas redes sociais. Depois de um mês do ocorrido, Colton voltou a respirar sem a ajuda de aparelhos, mas isso não quer dizer que o menino esteja completamente curado: os pais ainda não sabem como será a vida dele daqui para frente.

“O velho conto de ‘se o galo é para fora, tudo está salvo’ não é verdade. Por favor, continuem rezando por ele”, publicou com a mãe , que viralizou no Facebook e ganhou o apoio de pessoas do mundo todo. "Não tenho tem palavras para agradecer", disse Paige em uma postagem.

Internautas criam grupo para ajudar a família

Voluntários vendem camiseta e organizam eventos beneficentes para ajudar a família de Colton com o tratamento
Reprodução/Facebook
Voluntários vendem camiseta e organizam eventos beneficentes para ajudar a família de Colton com o tratamento


A publicação da mãe ganhou milhares de compartilhamentos e a história de sua família virou notícia em vários jornais. Colton sensibilizou tanta gente que já existe até um grupo no Facebook reunindo pessoas que querem ajudar o garoto, seja com doações em dinheiro ou até mesmo orações e pensamento positivo.

Leia também: Estressada, mãe 'malvada' faz desabafo no Instagram e choca seguidores

A mãe do bebê interage com todos e sempre dá notícias do que como está o quadro do filho. Em uma postagem recente, por exemplo, Paige informou que Colton foi ao pediatra e seu pulmão está bem. Os voluntários do grupo vendem camisetas com o nome da criança, organizam rifas e eventos beneficentes para ajudá-lo a superar as consequências da fratura . Amor, com certeza, é o que não falta na vida de Colton e Paige.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas