Tamanho do texto

"Desde que perdi meu pequeno, sempre quis ajudar outros pais. Sempre soube que seria isso o que eu faria com meu vestido", afirma Hayley Parker

A americana Hayley Parker passou por um dos piores momentos de sua vida, em 2011, ao sofrer um aborto espontâneo faltando 14 semanas para dar à luz. Anos depois, para ajudar outros pais na mesma situação, teve a inusitada ideia de doar o vestido de aproximadamente R$ 5 mil para ser cortado e transformado em 16 vestidos de enterro para bebezinhos mortos. As informações são do jornal "Daily Mail". 

Leia também: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Depois de sofre com aborto, Hayley Parker transformou vestido de noiva em 16 roupinhas
Reprodução/Daily Mail
Depois de sofre com aborto, Hayley Parker transformou vestido de noiva em 16 roupinhas

Antes do aborto espontâneo, Hayley já sofria há anos com problemas ginecológicos - células cancerígenas se desenvolveram em torno do colo do útero a mulher e, mesmo após três cirurgias, as células insistiram em retornar. Como as operações eram bastante agressivas, os médicos aconselharam que ela tentasse engravidar o mais rápido possível, caso sonhasse muito com isso. Ela até conseguiu ficar grávida, mas não foi possível levar a gravidez até o fim e o que era para ser um momento especial acabou se tornando um grande trauma. Anos depois, esse momento serviu de inspiração para ajudar outros pais. 

Encontro inesperado e um novo rumo

O tempo passou e por volta de três anos depois, a americana encontrou o velho conhecido Keith Parker na abertura do bar de um amigo em comum. “Nos conhecemos há anos, trabalhamos juntos, mas nós éramos comprometidos”, conta em entrevista “Daily Mail”. “Quando nos vimos naquela noite, nós dois estávamos solteiros pela primeira vez, então começamos a passar mais e mais tempo juntos”, completa.

O relacionamento foi se fortalecendo e, no Natal de 2015, Keith pediu Hayley em casamento. “Foi uma surpresa total”, acrescenta a noiva. O planejamento do casório começou e os pensamentos dela se voltaram para o vestido de noiva, pois sempre quis algo tradicional. “Eu queria ter certeza de que seria algo adequado, mas sem muitos detalhes para não dificultar para a costureira”, fala.

Vestido dos sonhos

Ao escolher o vestido, Hayley já tinha em mente fazer a doação
Reprodução/Daily Mail
Ao escolher o vestido, Hayley já tinha em mente fazer a doação

Ao escolher o modelo, ela já tinha em mente doar o vestido para transformá-lo em roupinhas de enterros. Depois de encontrar o modelo dos sonhos, ela e o noivo decidiram os outros detalhes do grande dia e, em abril deste ano, subiram ao altar para dizer o “sim”. Logo após o casamento, Hayley viu um anúncio de uma instituição que estava precisando muito de doações e decidiu contribuir da forma que sempre desejou.

Leia também: Grávida dança “Paradinha” e, dez minutos depois, bebê nasce

“Desde que perdi meu pequeno, sempre quis ajudar outros pais”, afirma a americana. “Tinha ouvido falar desse projeto alguns anos atrás, depois que a irmã de um amigo perdeu seu bebê, então eu sempre soube que seria isso o que eu faria com meu vestido”, acrescenta.

Contente com o resultado

Hayley levou o vestido na costureira, ficou encantada com o resultado das peças e por saber que aquelas roupinhas iriam ajudar outras pessoas. “Keith achou que era uma ótima ideia, mas algumas pessoas foram contra. Fui questionada sobre por que não iria guardar aquela peça e eu disse e repito: é o meu vestido, e é isso o que eu quis fazer com ele”, enfatiza.

Leia também: Mãe publica foto de corpo pós-parto e inspira mulheres nas redes sociais

Desde que casou, Hayley segue fazendo tratamentos preventivos, para impedir que as células cancerígenas voltem. Ela não pode tentar engravidar no momento, pois o risco de aborto é extremamente alto, mas está feliz por ter doado o vestido por uma causa que julga tão nobre.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.