Tamanho do texto

Ao contrário do que se costumava acreditar, pesquisadores descobriram que o açúcar do leite materno tem importante papel como antibacteriano

É fato que o leite materno tem uma série de benefícios para o desenvolvimento do bebê. Recentemente, uma pesquisa realizada na Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, aponta mais um benefício: o açúcar presente no líquido é capaz de aumentar a imunidade do bebê. 

Leia também: Mães compartilham relatos sobre a amamentação e falam sobre a experiência de aleitamento materno

Novo estudo revela que os açúcares presentes no leite materno tem papel importante para aumentar imunidade do bebê
shutterstock
Novo estudo revela que os açúcares presentes no leite materno tem papel importante para aumentar imunidade do bebê

De acordo com os pesquisadores, esse é o primeiro estudo dedicado a fazer um mapeamento sobre qual a atividade antibacteriana de carboidratos presentes no leite materno . A importância da pesquisa está no fato de que esses açúcares não são tóxicos, como a maioria dos antibióticos químicos.

O estudo foi comandado pelo professor de química Steven Townsend e apresentado em um evento da Sociedade Americana de Química. No evento, Steven explicou que a motivação de pesquisar sobre o tema foi o problema crescente da resistência bacteriana a antibióticos. Segundo ele, isso está causando mais de 23 mil mortes todos os anos.

Leia também: Entenda a importância do aleitamento materno na primeira hora de vida

Steven ainda comentou  que as pesquisas sobre o tema concentravam-se sempre nas proteínas do leite humano, mas, desta vez, a ideia foi focar nos carboidratos. “Bioquímicos sempre argumentaram que as proteínas são mais importantes que os açúcares e muitas pessoas compraram essa ideia”, disse.

Como o estudo foi feito

Para chegar a esse resultado, primeiro os pesquisadores coletaram os carboidratos do leite de diferentes doadoras. Após isso, aplicaram uma técnica que ajuda a observar o tamanho das moléculas e identificar aquelas que apresentam o tamanho acima da média.

Com o material coletado, os cientistas adicionaram essas moléculas em um recipiente com bactérias para identificar qual seria a reação dessa combinação. Então, eles descobriram que os açúcares de uma amostra foram capazes de matar quase que por completo uma colônia da bactéria que mais causa infecções em recém-nascidos.

Leia também: Confira 10 motivos para amamentar seu bebê

Depois de descoberto que os açúcares do leite materno também são parte importante para o desenvolvimento dos bebês, o foco dos cientistas está em identificar os motivos de alguns açúcares serem mais efetivos do que outros e, a partir disso, desenvolver medicamentos.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.