Tamanho do texto

O aleitamento na primeira hora de vida traz benefícios à mãe e ao bebê

Não há dúvidas de que o leite materno é extremamente importante para o desenvolvimento da criança. Para incentivar a amamentação , o mês de agosto recebe o nome de “ Agosto Dourado ”, trinta dias focados em celebrar, promover e conscientizar sobre o aleitamento materno. E entre os dias 1 e 7 de agosto comemora-se a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM).

Leia também: 10 motivos para amamentar seu bebê

O aleitamento materno na primeira hora de vida melhora a interação entre a mãe e o bebê  e faz o papel de imunização
shutterstock
O aleitamento materno na primeira hora de vida melhora a interação entre a mãe e o bebê e faz o papel de imunização

O leite materno é o primeiro alimento do bebê e deve ser exclusivo até os seis meses de vida. Como ele apresenta todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê, até completar essa idade não deve ser oferecida nenhuma comida ou bebida à criança, nem mesmo água. Após completar seis meses, recomenda-se que o  aleitamento materno  continue até, pelo menos, os dois anos de vida, associado a uma alimentação complementar.

Amamentação na primeira hora de vida

A amamentação precoce, ou seja, nos primeiros minutos vida da criança é um dos temas levantados durante o Agosto Dourado. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o aleitamento deve ser iniciado ainda na primeira hora de vida para garantir uma série de benefícios tanto à mãe e quanto ao bebê.

Leia também:Amamentação - As posições mais confortáveis para você e para o bebê

Acredita-se que quanto mais cedo a amamentação começa, maior seu tempo de duração. Além disso, o aleitamento ainda da sala de parto melhora a interação entre a mãe e o bebê, diminui o risco de hemorragia materna e de mortalidade neonatal.

A amamentação nesse período também é interessante porque o primeiro leite produzido após o parto, que recebe o nome de colostro, será a primeira imunização do recém-nascido. O contato entre a pele da mãe e do bebê também traz benefícios ao bebê, já que permite o contato da criança com a flora bacteriana materna.

Leia também: 10 coisas que você precisa saber sobre amamentação

SMAM

A Semana Mundial de Aleitamento Materno foi criada em 1992 pela World Alliance for Breastfeeding Action (WABA), Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno, com o objetivo de promover e conscientizar sobre a importância da amamentação e é comemorada em mais de 150 países. A SMAM 2017 tem como slogan “#JuntosPelaAmamentação” e, no Brasil, o Ministério da Saúde adotou como tema “Amamentar. Ninguém pode fazer por vocês. Todos podem fazer juntos com você”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.