Tamanho do texto

“Eu não tive tempo de ir até a loja e não achei que fosse um grande problema usar leite materno", diz britânica que vendeu os brownies em feira escolar

Uma mãe britânica causou polêmica nas redes sociais por usar leite materno para fazer os brownies que ela vendeu na feira escolar do filho. “Eu fiz brownies para a feira na escola do meu filho e coloquei leite materno neles”, escreveu em sua conta do Facebook.

Leia também: Australiana faz sabonete com próprio leite

Mãe britânica vende brownies em feira escolar que levaram leite materno na receita e causa polêmica entre pais
shutterstock
Mãe britânica vende brownies em feira escolar que levaram leite materno na receita e causa polêmica entre pais

O caso foi exposto em uma página do Facebook dedicada a questões ligadas à maternidade . A página compartilhou a publicação em que a mãe – que teve a identidade preservada – pede ajuda aos internautas sobre como agir, já que os outros pais ficaram revoltados ao descobrir que a receita levava leite materno .

“Eu não tive tempo de ir até a loja e não achei que fosse um grande problema usar meu leite (e vamos ser honestos, algumas crianças até podem se aproveitar dos nutrientes). Além disso, nem foi em grande quantidade. Uma das mães descobriu e teve uma reação desproporcional. Eu não sei o que fazer! Alguma sugestão?”, escreveu a mãe.

Leia também: Joias de leite materno? Sim! Essa é a nova moda para eternizar a amamentação

Poucas horas após o compartilhamento, mais de mil pessoas já haviam deixado um comentário na publicação opinando sobre o caso. A reação foi majoritariamente negativa. “Honestamente, isso é praticamente uma ação criminosa”, escreveu uma pessoa. “Em primeiro lugar, nunca vi uma receita de brownie com leite. Em segundo lugar, por que não usar um pouco de água em vez disso? Terceiro de tudo, isso não é legal”, completou outra.

"O leite da mãe, como o sangue ou o sêmen, pode carregar doenças. É por isso que serviços de doação examinam o leite antes de passar o alimento para os bebês", explicou uma internauta. 

Leia também: Amamentar pode ser fácil! Veja 7 acessórios que vão te ajudar

Opinião médica

Ao contrário do que a britânica afirma, a reação dos pais não foi tão desproporcional assim. Em entrevista ao site “Independent”, a pediatra Wendy Swanson explica que ao consumir leite materno de uma mulher que não é a própria mãe, as crianças estão expostas a uma possível infecção. “A menos que você conheça o histórico médico completo, é arriscado deixar outra mulher amentar sue bebê”, orienta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.