Tamanho do texto

Ele se pendura em prédios enquanto um amigo grava vídeos do ato; o caso preocupou os internautas nas redes sociais e virou um alerta aos pais

Um garoto de oito anos está preocupando os internautas. O motivo? Com a ajuda de um amigo mais velho, de 12 anos, ele se pendura em prédios de Dimitrovgrad, na Rússia , com o objetivo de conseguir curtidas nas redes sociais.

Leia também: Foto de bebê dormindo causa polêmica nas redes sociais

Garoto de oito anos se pendura em prédios da Rússia para conseguir curtidas no Facebook e caso vira alerta aos pais
Reprodução/Facebook
Garoto de oito anos se pendura em prédios da Rússia para conseguir curtidas no Facebook e caso vira alerta aos pais

O garoto , que não foi identificado, pendura-se em vários prédios da cidade – como se fosse cair – enquanto o amigo filma a ação. Depois disso, eles publicam um  vídeo nas redes sociais mostrando a cena e pedem que os usuários cliquem no botão “curtir”, prometendo mais acrobacias perigosas na cidade russa.

Nos vídeos, o menino mais velho garante que não obriga o mais novo a fazer as ações e a dupla promete se arriscar em prédios mais altos e publicar mais vídeos caso os internautas interajam com eles.

Leia também: crianças devem usar a internet e ter acesso a redes sociais?

O vídeo chegou até a polícia local que, de acordo com o site britânico “Mirror”, está trabalhando em conjunto com um grupo de direito das crianças para protegê-las e rastrear os pais ou outros responsáveis legais por elas. Além disso, eles estão investigando as filmagens para descobrir se algum crime foi cometido durante a ação.

Nas redes sociais, os internautas mostraram-se preocupados com a segurança dos meninos e questionaram onde estavam os pais daquelas crianças enquanto os vídeos foram gravados.  

Leia também: Existe certo ou errado na hora de publicar fotos dos filhos nas redes sociais?

Alerta aos pais 

O fato de a criança sentir necessidade de se pendurar em um prédio para conseguir curtidas e interações nas redes sociais é motivo de alerta aos pais. Como garantir a segurança dos filhos na internet? O que fazer para impedir que situações extremas como essas aconteçam? Essas são algumas questões que passam pela cabeça dos responsáveis quando essas “brincadeiras” vêm à tona nas redes.

É extremamente importe que os pais orientem a criança sobre o uso das redes sociais e acompanhem o conteúdo que ela acessa na internet. Em alguns casos é válido recorrer a mecanismo de monitoramento e bloqueio de conteúdo impróprio. Por fim, o diálogo é essencial. Muitas vezes, situações extremas como a do garoto da Rússia acontecem por questões que estão se passando no mundo "offline" da criança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.