Tamanho do texto

"Ok, agora é oficial. Nosso bebê é mais descolado de todos antes mesmo de vir ao mundo", comentou a mãe ao postar imagem do ultrassom no Facebook

Dizem que o fato de os pais escutarem música durante a gestação pode afetar o bebê. A mãe, por exemplo, pode colocar uma canção mais tranquila para acalmar o filho enquanto ele ainda está na barriga. Mas a imagem deste ultrassom vai um pouco além disso. 

Leia também: Gestação altera memória e concentração da mulher; entenda

Ultrassom do bebê virou assunto em diversos jornais internacionais
Reprodução/Facebook
Ultrassom do bebê virou assunto em diversos jornais internacionais

Makelle Ahlin está grávida e postou em seu Facebook no final de fevereiro a imagem do ultrassom do filho. É possível ver nitidamente que o bebê está com uma das mãos fechadas e os dedinhos apontando para o alto, como o símbolo muito comum ao mundo do rock and roll. "Ok, agora é oficial. Nosso bebê é mais descolado de todos antes mesmo de vir ao mundo", escreveu ela na legenda da foto. 

A imagem rodou as redes sociais e acabou ganhando destaque em diversos jornais internacionais. Makelle conversou com o "Huffington Post" e disse que ficou bastante surpresa com a posição do bebê em sua barriga. "Minha primeira reação foi uma gargalhada descontrolada. Depois, foi de desacreditar no que estava vendo. E de novo, cai na gargalhada", comentou ela. 

Leia também: Vídeo mostra em detalhes como o corpo da mulher muda na gravidez

"Meu marido foi o primeiro a notar o gesto do bebê. Ele ficou maravilhado e empolgado com a nossa pequena estrela do rock", detalhou Makelle. 

Makelle, o marido Jared Ahlin e os dois filhos mais velhos do casal
Reprodução/Facebook
Makelle, o marido Jared Ahlin e os dois filhos mais velhos do casal


A norte-americana de Utah já tem dois filhos, um de 4 e outro de 2 anos, e a imagem do bebê "roqueiro" foi feita na 22ª semana de gestação. Segundo a mãe, o gesto do filho combina perfeitamente com a gravidez que ela está tendo. "Esta gestação será aquela que não vou esquecer. Eu me senti muito mal no começo, o que é louco porque com meus dois primeiros filhos não senti nada, apenas vi a minha barriga crescer", detalhou a mulher. 

Leia também: Projeto retrata mães que amamentam filhos com mais de dois anos

Outra diferença é que desta vez, ela disse estar sentindo muitos desejos inusitados de grávida, como vontade de tomar refrigerante de cola ou comer salgadinhos, coisas que ela nem ligava antes. 

Além disso, o bebê sempre foi agitado na barriga da mãe. Makelle contou que sentiu os primeiros chutes na 16ª semana e ele continua se mexendo muito. E até ficando em posições "diferentes", como mostrou o ultrassom. "Acho que esse espírito roqueiro é para mostrar para o mundo que meu bebê estará pronto para festas, noites sem dormir e boa comida. Como mãe, só espero que não tenha muitas ressacas", brincou a norte-americana. 


    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.