Tamanho do texto

14 mães foram retratadas no projeto em atividades rotineiras. A ideia do fotógrafo é quebrar qualquer preconceito ou estranheza sobre amamentar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno  até os dois anos de idade. Porém, muitas mulheres escolhem continuar amamentando por mais algum tempo e os motivações são diversas. Foram essas mães que inspiraram o surgimento do projeto fotográfico  "Lactancia Infinita" (amamentação infinita, em português). 

Leia também: Fotógrafa faz ensaio para mostrar como é “amamentar na vida real”

O projeto retrata mães amamentando crianças com mais de dois anos de idade
Reprodução/ Gaby Riva
O projeto retrata mães amamentando crianças com mais de dois anos de idade

projeto é resultado do trabalho do fotógrafo espanhol Gaby Riva, que tem suas produções fotográficas focadas em família, maternidade e crianças. A ideia de fazer um ensaio retratando essa amamentação prolongada surgiu com a sugestão de algumas clientes.

Como Gaby é pai de duas crianças, uma de 2 e outra de 6 anos, e ambas continuam sendo amamentadas no seio da mãe, nada melhor do que começar registrando a própria realidade. De acordo com ele, o casal é a favor da amamentação contínua das crianças.

Leia também: Mães relatam episódios de constrangimento e preconceito durante a amamentação

No total, 14 mães foram fotografadas
Reprodução/ Gaby Riva
No total, 14 mães foram fotografadas

As imagens estão fazendo sucesso por serem sensíveis e capturarem momentos do dia-a-dia das mães. Com delicadeza, o fotógrafo conseguiu clicar situações em que as mulheres aparecem dando o peito ao filho durante o banho, no teatro, no mercado ou no meio da rua, por exemplo. No total, projeto reúne 14 mães amamentando crianças com mais de dois anos de idade. 

Tabu

Além de chamarem a atenção pela sensibilidade, as fotos também chegaram a chocar algumas pessoas. O motivo? O tabu muito grande que ainda há em torno da amamentação e das mulheres decidem seguir com essa prática por mais tempo com os fihos. Mães que dão peito em espaços públicos ainda causam estranhamento em algumas pessoas, principalmente quando são crianças mais velhas.

Leia também: Campanha critica assédio sofrido pelas mães que amamentam em público

O fotógrafo também quis retratar a amamentação nos espaços públicos
Reprodução/ Gaby Riva
O fotógrafo também quis retratar a amamentação nos espaços públicos

É comum encontrar relatos de mulheres que já sofreram assédio e até foram hostilizadas, por exemplo. Foi examente essa ideia que o fotógrafo procurou quebrar com o projeto. "A ideia era sensibilizar e chamar a atenção para as pessoas que o aleitamento materno vai além dos primeiros dias de vida e que há outras realidades que devemos respeitar", disse em entrevista ao site "Photos".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.