Tamanho do texto

O carregador mantém o bebê próximo ao corpo dos pais e regula as funções corporais da criança. Veja mais benefícios do sling

O sling é um carregador de pano que permite manter o bebê próximo ao corpo de quem o carrega. Existe uma variedade de modelos, tecidos e amarrações que se adequam tanto a idade e quanto ao peso do bebê.  Mães e pais que optam por essa forma de carregar o filho tem motivos variados, desde os benefícios à saúde até a praticidade. 

+ Dicas para usar carregadores de bebês com segurança

Na foto, Lilian carrega a filha no sling com a amarração canguru costas
Lilian Wiczneski
Na foto, Lilian carrega a filha no sling com a amarração canguru costas

“Carregar a Helena mudou a minha vida”, diz Lilian Wiczneski, que carrega a filha, de um ano e dois meses, desde que a pequena nasceu. Ela descobriu os benefícios e vantagens do sling e conheceu essa nova possibilidade ainda na gestação. Após o nascimendo do bebê, ela entrou no grupo de Facebook "Bem carregar bebê - Brasil", espaço de troca de informações sobre o tema, e começou a treinar amarrações e se interessar ainda mais pelo assunto. 

Hoje, Lilian é especialista em Babywearing e presta consultoria às mães, indicando qual a melhor forma de usar o sling e carregadores de bebê no geral. Para divulgar esse conhecimento, ela criou a página "Amor de Colo", onde compartilha imagens e vídeos sobre o tema.  

Segundo a mãe,  o carregador permite que a filha tenha novas experiências e conheça novos lugares. "Há uma consciência corporal incrível. Você sente qualquer movimento que o bebê faça. Dá para entender e perceber quando ele vai dormir, por exemplo", comenta.

+ Uso correto de sling não prejudica a coluna da mãe

Benefícios

"O sling é um facilitador", diz Lilian. O carregador permite que ela trabalhe, carregue as compras do mercado, limpe a casa e faça uma série de atividades com a filha junto a seu corpo. Além disso, existem benefícios para a saúde da mãe. "Enquanto você carrega o bebê, a coluna permanece alinhada e isso significa mais conforto e praticidade e menos dor", afirma.  

A amarração utilizada pela mãe é a lado cruzada com nó deslizante
Lilian Wiczneski
A amarração utilizada pela mãe é a lado cruzada com nó deslizante

Para o bebê, as vantagens são inúmeras. A assessora explica que estar no colo é fundamental para regular temperatura corporal, batimentos cardíacos e respiração do recém-nascido. Após o nascimento, as funções neurais do bebê ainda estão se desenvolvendo e estar no colo faz com que ele se sinta mais protegido e seguro, possibilitando que essas conexões neurais formem-se com mais facilidade. 

Estudos também comprovam que bebês que são carregados dessa forma choram menos, tem menos incidência de cólica e há mais segurança para o desenvolvimento. 

Lilian ainda explica que pelo fato da estrutura óssea da bacia do bebê ainda estar em formação, a posição do sling - joelho mais alto que o quadril - permite um encaixe perfeito para que essa estrutura se forme corretamente. É uma forma simples de ficar pertinho do filho e ainda fazer bem para ele e para a mãe. 

+ 11 erros comuns sobre a segurança do bebê

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.