Angelina Jolie fala sobre separação de Brad Pitt
Reprodução
Angelina Jolie fala sobre separação de Brad Pitt


Angelina Jolie revelou detalhes exclusivos relacionados à sua separação do ator Brad Pitt . O divórcio aconteceu em 2016 e balançou o mundo das celebridades, já que o casal era um dos mais influentes de Hollywood. Em entrevista ao The Guardian, a atriz e ativista revelou que teve medo pela família durante o relacionamento.

Jolie estava divulgando um livro que escreveu em parceria da advogada de direitos humanos Geraldine Van Bueren. "Know Your Rights and Claim Them", que significa “Saiba Seus Direitos e os Reivindique”, fala sobre os direitos das crianças. A atriz diz que se tornou mais próxima do assunto a partir de experiências vividas pelos próprios filhos.


Você viu?

Ela não respondeu o que aconteceu, pois disse que não podia fazer isso. O motivo principal é o processo pela guarda dos seis filhos: Pax, Shiloh, Maddox, Zahara, Knox e Vivienne. No entanto, o The Guardian aponta que Jolie acenou a cabeça, afirmando que estava falando de Pitt. Angelina Jolie o acusou de violência doméstica e de ser agressivo com ela e as crianças. Por isso, ela afirmou que tinha medo “por minha família, por toda minha família”.

Na mesma entrevista, a atriz conta que levou tempo para conseguir pensar em se divorciar de Brad Pitt e que a decisão foi muito bem planejada. “Demorou muito para eu estar em uma posição em que senti que deveria me separar do pai de meus filhos”, disse.

O único desejo de Angelina, segundo a própria, é que todos os envolvidos, tanto Brad e ela como os filhos, sigam em frente. “Só quero que minha família seja curada. Quero que todos sigam em frente, todos nós, incluindo o pai deles. Eu quero que nos curemos e tenhamos paz. Sempre seremos uma família”, afirmou a atriz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários