Após alguns anos trabalhando em redações, produzindo conteúdo para empresas e até gerenciando uma pousada, Deolinda Saraiva decidiu se aventurar e escrever ficção aos 65 anos.

Leia também: Dia Nacional do Livro: 9 obras escritas por mulheres brasileiras

Hoje, com 67 anos, está prestes a lançar seu quarto livro na edição virtual da Bienal do Livro 2020 e falará sobre o lançamento em live para o site Mulheres 50 Mais na sexta (29), às 17h. A live será conduzida pelas jornalistas Elvira Lobato e Regina Eleutério, em multiplataforma simultânea no Facebook, Instagram e YouTube.

deolinda
Divulgação
Deolinda está se preparando para o lançamento do seu quarto livro


O livro se chama "O homem translúcido - No tempo da Inteligência Articificial" e, diferente dos seus outros livros, tem um pano de fundo futúristico, como uma ficção científica que, segundo a autora, naõ está muito distante de acontecer.

O prefácio é assinado pelo neurocirurgião, cientista e pesquisador da consciência Francisco Di Biase, que não conhecia Deolinda, mas se interessou tanto pela história que aceitou escrever o prefácio.

Seus outros livros são "Histórias que nem sempre as mães contam", "A casa das 365 janelas" e "Depois das estações".


    Veja Também

      Mostrar mais