Na noite de quinta-feira (9), as mulheres no Twitter se organizaram em um multirão para lembrar o caso Mariana Ferrer e cobrar respostas sobre o que aconteceu. Em 2018, Mariana, que tinha 21 anos na época, denunciou à Polícia Civil ter sido vítima de estupro no Café de La Music, de Florianópolis (SC), por André de Camargo Aranha, quando trabalhava no local.

mulher chorando
Reprodução/Instagram
Mariana Ferrer relatou ter sido vítima de estupro em 2018

No Instagram, Mariana fez uma publicação atualizando sobre o caso. De acordo com ela, o processo está em fase final e Aranha segue indiciado por estupro de vulnerável. Ela também fala que é importante que seu caso continue sendo divulgado e pede a ajuda de outras mulheres para isso. 

Segundo Mariana, deve-se cobrar justiça para que Aranha não saia ileso na situação. “É dando visibilidade para casos como o meu que a mudança ocorre. Eles estão acostumados com o sigilo, em silenciar suas vítimas e nunca serem punidos. Não mais…”, escreve. 

Ver essa foto no Instagram

não teremos outro Jeffrey Epstein. ‪ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ criminosos de poder e influência se escondem atrás de seus privilégios, rede de proteção que também de forma criminosa e corrupta, os isentam de seus crimes cometidos na surdida, fazendo-os sentir confortáveis em continuar violando vidas e leis. ‬ eles não vão mais ficar confortáveis e escondidos. devem ser devidamente denunciados e todos os seus crimes expostos. as autoridades (polícia, mp, judiciário etc) trabalha para nós (o povo) eles devem cumprir o juramento que fizeram ao se formar. ⠀ caso contrário, serão expostos também e devem ser tirados de seus cargos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ não permitiremos outro Epstein acobertado por mais de duas décadas com seus crimes sendo jogados por de baixo do tapete. é dando visibilidade para casos como o meu que a mudança ocorre. eles estão acostumados com o sigilo, em silenciar suas vítimas e nunca serem punidos. não mais...

Uma publicação compartilhada por Mariana Ferrer (@maribferrer) em

Em seguida, com centenas de mulheres divulgando e pedindo justiça para que o caso não seja esquecido, Mariana foi para os assuntos mais comentados no Twitter.


    Veja Também

      Mostrar mais