Luísa Sonza passou a ser alvo de críticas nas redes sociais no sábado (7), quando foi flagrada com Vitão em uma casa em Alphaville , São Paulo, e começaram as especulações sobre um possível casal. Para muita gente, está “cedo demais” para a cantora se envolver com outra pessoa – ela e Whindersson Nunes terminaram um casamento recentemente.

luisa sonza e vitão
Reprodução/Youtube
Luísa Sonza e Vitão no clipe de "Bomba Relógio"

Leia também:

Apesar de Luísa ter justificado que está apenas trabalhando em parceria com o cantor, as críticas continuaram. “Nossa, tô decepcionada”, escreveu uma usuária. “Que legal ficar com um cara que tu gravou um clique enquanto estava casada. Não consigo levar isso de boa”, disse outra. 

A polêmica levou à outra discussão no Twitter: o machismo envolvendo o caso. Uma usuária lembrou que logo após a separação, começaram alguns rumores sobre Whindersson estar “conhecendo melhor” outra mulher. Diferente de Luísa, o humorista foi apoiado. 

Na rede social, as mulheres apontam os reflexos do machismo nesses comentários. Nesse sentido, a psicóloga Marilene Kehdi comenta: “Não se deve pensar que mulheres devem esperar mais tempo que os homens para entrarem em um novo relacionamento. Esse tipo de pensamento é machista e preconceituoso”. 

Ela explica essa lógica de que “algumas coisas não pegam bem às mulheres, mas em relação aos homens não tem problema” tem uma raiz preconceituosa e deve ser combatida. Para quem ainda fica com dúvida, ela acrescenta: “O machismo é um tipo de preconceito que se opõe a igualdade de direito entre os gêneros”. 




    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários