Em um mercado de trabalho em constante mutação, a figura do personal organizer ganha cada vez mais visibilidade e tem atraído pessoas que não conseguem espaço em sua área de formação. O trabalho consiste em prestar consultoria organizacional. Pode ser para arrumar a casa , a mais comum, para assessorar pais de recém-nascidos, orientar mudanças, ajustar uma agenda executiva, entre tantas outras possibilidades.

Leia também: 5 kits até R$ 100 na internet que são úteis para todas as mulheres

personal organizer arrow-options
shutterstock
personal organizer

Um personal organizer pode ganhar até R$ 10 mil por mês e há até cursos online e presenciais para formar profissionais. A carreira aportou no Brasil em meados de 2009 e é possível contratar os serviços de um desses profissionais com uma rápida pesquisa no Google. Há até agências 24h oferecendo o serviço.

Se você não está familiarizado com o conceito de personal organizer, não se assuste. Isso talvez decorra do fato de que você não necessariamente precise de um. A ideia de uma pessoa aplicar soluções personalizadas para nossos problemas é sedutora e deriva diretamente da psicologia. Não à toa, alguns dos melhores na área organizacional também apresentam certificações em psicologia.

Se a ideia é organizar um guarda-roupa, criar uma rotina de manutenção da casa, hábitos saudáveis ou se vestir melhor , você realmente precisa contratar alguém para te dizer como fazer isso? A seguir dicas valiosas para otimizar seu tempo e espaço extraídas de cursos de orientação na área. Se não der certo, basta dar um Google e contratar ajuda profissional!

Assista TV

Programas como “Santa Ajuda”, do GNT , e “Ordem na Casa com Marie Kendo”, da Netflix , são programas que ajudaram a popularizar a profissão no País. O que pouca gente percebe é que esses programas também ofertam muitas soluções desenvolvidas por organizadores profissionais gratuitamente. Basta redimensionar para as próprias necessidades.

Qual a sua prioridade?

Não dá para organizar (bem) diversas coisas simultaneamente na sua vida. É importante definir sua prioridade. É se vestir melhor? Montar a cozinha? Ajustar sua rotina para o bebê que vai chegar? Foco é importante, assim como dedicação ao objetivo.

Leia também: Cinco dicas de calças femininas para qualquer ocasião

Tempo é a palavra-chave

Se você não dispõe de tempo, a solução talvez passe mesmo pela contratação de um personal organizer. No entanto, como geralmente são pequenas coisas que desejamos ajustar, é possível com um bom planejamento e uma dose de boa vontade chegar lá. Se a meta é arrumar o armário, considere reservar um sábado. Se quer renovar o guarda-roupa, busque ler um livro a respeito, ler entrevistas com fashionistas, conversar com amigos (as), etc.

Arrumação arrow-options
shutterstock
arrumação

Tentativa e erro

A ideia é começar a treinar? Teste os horários mais factíveis para a sua rotina. Faça um plano em uma academia que permite o uso de unidades diferentes, teste modalidades esportivas, aulas fitness. Algo irá te fisgar e funcionar para você. Importante ter em mente que ninguém conhece você melhor do que você mesmo. Se a ideia é organizar a cozinha , pesquise utensílios domésticos que atendam a sua necessidade, caibam no seu orçamento e sejam compatíveis com o espaço que você tem. A internet está aí para isso .

Faça um curso de personal organizer

Se mesmo assim você não está convencido de que não precisa de um personal organizer para obter resultados efetivos para pequenos desarranjos da sua rotina, faça um curso online e certifique-se você mesmo. De quebra, você ainda abre o leque para uma nova carreira, em ascensão, em caso de eventual necessidade.

    Leia tudo sobre: Casa

    Veja Também

      Mostrar mais