Tamanho do texto

Algumas frases reproduzidas por aí, mesmo inconscientemente, podem ser gordofóbicas e deixar as pessoas se sentindo mal sobre a própria aparência

A pressão estética para tentar se encaixar no "padrão de corpo ideal" é algo que persegue a maior parte das pessoas. Entretanto, uma mulher gorda acaba sendo obrigada a ouvir mais comentários negativos sobre o próprio corpo do que aquelas que são magras — principalmente com o aumento da popularidade das redes sociais. 

Uma mulher gorda acaba sendo obrigada a ouvir comentários negativos que acabam perpetuando ideias irreais sobre ela
shutterstock
Uma mulher gorda acaba sendo obrigada a ouvir comentários negativos que acabam perpetuando ideias irreais sobre ela


O problema de situações como essa é que, além da mulher gorda precisar lidar com comentários alheios vindo até mesmo de desconhecidos, essas frases acabam perpetuando algumas ideias irreais e, principalmente, reforçando a ideia de que essas pessoas só podem ficar satisfeitas consigo mesmas ao emagrecer. 

O trailer da nova série da "Netflix" que será lançada em agosto, denominada "Insatiable", por exemplo, causou um rebuliço nas redes sociais e foi acusado de promover "fat-shaming" com adolescentes ao mostrar a personagem principal, Patty (Debby Ryan), ser humilhada por colegas de classe diariamente por ser gorda. 

Durante as férias de verão, Patty leva um soco na boca e precisa passar por uma cirurgia, levando vários pontos. Por causa disso, a personagem fica magra e, quando retorna à escola, começa a se vingar das pessoas que praticavam bullying com ela.

Em
Reprodução/Netflix
Em "Insatiable", Patty é uma mulher gorda que emagrece e busca se vingar daquelas que praticaram bullying com ela









Segundo alguns internautas, porém, esse tipo de produção só encoraja meninas gordas a querer emagrecer, já que a personagem é representada como "Patty Gorducha" antes da mudança e, quando fica magra, se torna uma mulher "ousada" e "desejada" por todos os rapazes do colégio. Além disso, o fato de Patty ter "costurado a boca" também deixa implícito que é preciso parar de comer para "ficar em forma".

As críticas chegaram até uma das atrizes da série, Alyssa Milano, que interpreta a mãe da personagem principal, que defendeu a produção no Twitter: "Não estamos envergonhando a Patty. Estamos mostrando (através da comédia) os danos que podem surgir por causa do 'fat-shamming'." A produtora executiva da série, Lauren Gussis, também reforçou que a mensagem principal é sobre "os danos de acreditar que a aparência exterior é o mais importante".

Promovendo ou não o "fat-shaming", "Insatiable" abriu diversas discussões sobre o estereótipo "clichê" da estudante gorda que é humilhada e excluída até ficar "irreconhecível" ao emagrecer e se tornar a mais popular do colégio. Pensando nisso, o Delas reuniu algumas frases que reforçam esses clichês; confira:

"Você tem um rosto tão bonito, por que não emagrece?"

Fazer alguns tipos de comentários para uma mulher gorda pode fazê-la sentir mal sobre o próprio corpo e aparência
shutterstock
Fazer alguns tipos de comentários para uma mulher gorda pode fazê-la sentir mal sobre o próprio corpo e aparência


Em primeiro lugar, é preciso saber uma coisa sobre a questão de autoaceitação: é um processo contínuo. Uma frase que afirme que parte dessa pessoa não é "bonita o suficiente" só joga todo o esforço que ela teve para se achar linda por água abaixo. 

Claro, existem pessoas que se acham maravilhosas desde sempre e foram encorajadas a isso durante as diferentes fases de crescimento, mas infelizmente também existem casos de crianças e adolescentes que sofrem bullying por causa da aparência. Esses jovens se tornam adultos e acabam tendo um sentimento ruim sobre o próprio corpo  , chegando até mesmo à odiá-lo. 

"É uma questão de preocupação com a sua saúde"

Não é porque ela é uma mulher gorda que não seja saudável, não coma comidas nutritivas ou pratique atividades físicas
shutterstock
Não é porque ela é uma mulher gorda que não seja saudável, não coma comidas nutritivas ou pratique atividades físicas


Ser uma mulher gorda ou homem gordo não é sinônimo de problemas de saúde ou de "não se cuidar". E também não significa que essas pessoas não tenham um acompanhamento médico regular e tenham feitos exames sobre índices de colesterol, diabetes e todos aquelas coisas que quem diz esse tipo de frase se diz "tão preocupado" sobre.

Além disso, é preciso lembrar que nem sempre pessoas gordas se alimentam mal ou deixam de praticar exercícios físicos  . Existem questões externas, desde estrutura óssea a hormônios, que fazem as pessoas terem biotipos diferentes. 

"Nossa, vai comer de novo?"

Comentar sobre o que uma mulher gorda pode ou não comer é desagradável e pode ser uma situação constrangedora
shutterstock
Comentar sobre o que uma mulher gorda pode ou não comer é desagradável e pode ser uma situação constrangedora



Não é incomum que pessoas gordas recebam "olhares desaprovadores" quando estão comendo — como se alimentação não fosse uma necessidade vital. Entretanto, dizer coisas como "nossa, mas de novo?", ao ver a pessoa se aproximar com um prato de comida, só faz com que ela se sinta mal por algo básico. 

Da mesma forma, não é muito legal comentar coisas como "está fazendo dieta para emagrecer?" caso a pessoa esteja comendo salada ou "isso aí engorda" se ela decidir que é hora para um lanche de fast-food ou um pedaço de pizza. 

"Desse jeito você não vai conseguir arranjar um(a) namorado(a)"

Não assuma que uma mulher gorda queira arrumar um parceiro amoroso ou que ela não vá por causa de aparência
shutterstock
Não assuma que uma mulher gorda queira arrumar um parceiro amoroso ou que ela não vá por causa de aparência


Antes de mais nada, o problema de frases como essa é assumir que uma mulher necessita estar com alguém. Depois, é deixar implícito o fato de que ela precisa emagrecer para estar com alguém, já que uma mulher gorda "não seria desejável".

Novamente, o que está por trás disso é autoestima e confiança. Não há problemas tanto em não querer um relacionamento quanto em acreditar que esse parceiro ou parceira vai amar essa mulher e encorajá-la a se amar também. 

"Você já tentou emagrecer?"

Perguntar para uma mulher gorda se ela já tentou emagrecer é assumir que ela não está feliz com a aparência que tem
shutterstock
Perguntar para uma mulher gorda se ela já tentou emagrecer é assumir que ela não está feliz com a aparência que tem


Lembra da questão já discutida sobre como uma pessoa gorda muitas vezes se sente mal sobre a própria aparência? Por causa disso, é bem provavel que essa pessoa já tenha, sim, tentado emagrecer de diversas formas — até algumas não recomendadas, como dietas muito radicais ou ir à academia várias vezes por dia, todos os dias. 

Além disso, a questão da aceitação é uma via de mão dupla: é preciso excluir da mente o pensamento de que toda pessoa gorda está infeliz com a própria aparência. Existem casos de pessoas satisfeitas com o próprio corpo sendo gordas, e não é por terem "desistido de emagrecer", mas por se amarem como são. 

"Também sofro preconceito por ser magra"

Uma mulher gorda sofre diariamente com os efeitos da gordofobia, o que é diferente da pressão estética para emagrecer
shutterstock
Uma mulher gorda sofre diariamente com os efeitos da gordofobia, o que é diferente da pressão estética para emagrecer


Se você solta essa frase, mesmo que sem pensar, é preciso fazer uma reflexão sobre a realidade de uma pessoa que é gorda. O mundo não é feito para pessoas "fora do padrão" – mesmo que elas existam e estejam em todos os lugares –, e até situações relativamente "simples" como comprar uma roupa nova ou passa pela catraca do ônibus podem se tornar complicadas. 

Uma mulher magra, pode sofrer com a mesma pressão estética  de uma mulher gorda para tentar se encaixar no "padrão", mas não vai ser excluída socialmente ao ser atingida diretamente pelos efeitos da gordofobia .

Outras questões sobre ser uma mulher gorda

Se você reproduz alguma das frases acima para uma mulher gorda, lembre-se que bom senso e gentileza são essenciais
shutterstock
Se você reproduz alguma das frases acima para uma mulher gorda, lembre-se que bom senso e gentileza são essenciais


Se você não é gorda e se viu reproduzindo alguma dessas frases, mesmo que inconscientemente, tente substituí-las por um comentário positivo. "Nossa, como você está linda!", "Amei essa roupa em você", "Você é maravilhosa" e outras frases motivadoras acabam ajudando as pessoas a se verem de forma positiva também.

Palavras podem magoar e não ache que gordofobia é frescura ou que é mimimi. O mais importante é usar o bom senso. É a mulher gorda quem tem que se sentir bem consigo mesma e, atualmente, existem ativistas body-positive no Youtube que ajudam muitas pessoas a se aceitar como são e a entender melhor todas essas questões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.