Recentemente viralizou nas redes uma foto de uma adolescente prestando ajuda em avião para um homem cego e surdo que viajava sozinho e ficou nervoso durante o voo. A história, compartilhada pela passageira que estava sentada ao lado do homem e que tirou a foto, comoveu usuários.

Leia também: "Acho que ela comeu um mexicano": modelo obesa relata preconceito em voo

undefined
Reprodução/Facebook
Clara Daly, que sabe a língua dos sinais tátil, prestou ajuda em avião a Tim, passageiro cego e surdo


A passageira Lynette Scribner conta o momento em que o passageiro, Tim, precisou de ajuda em avião no qual voavam de Boston para Los Angeles, nos EUA, num voo de seis horas da companhia Alaska Airlines, pois ele estava ficando ansioso e não conseguia se comunicar com ninguém.

No relato, Lynette conta que todos tentaram ajudar o passageiro, inclusive as comissárias de bordo, deixando que ele tocasse seus rostos e braços na tentativa de identificá-las de alguma forma e se acalmar, mas ninguém conseguia realmente se comunicar com ele. Outros passageiros ainda se ofereceram para abrir embalagens de comida pra ele e levá-lo ao banheiro.

Foi então que as comissárias decidiram anunciar no microfone do avião a presença de Tim e perguntar se alguém sabia linguagem de sinais tátil . Foi quando a adolescente de 15 anos Clara Daly se ofereceu para ajudá-lo.

Leia também: Mickey emociona ao usar linguagem de sinais com menino surdo

À Lynette, Clara contou que sempre quis aprender outro idioma, mas tem dislexia, então o “idioma” estrangeiro mais fácil que ela encontrou para aprender foi língua de sinais tátil.

“Durante o resto do voo ela cuidou de Tim. Foi fascinante assisti-la escrever as letras nas mãos dele. Ele podia ‘ler’ o que ela desenhava e eles conversaram o voo todo. Quando Tim perguntou se ela [Clara] era bonita, Eric [o passageiro sentado ao lado que tinha um conhecimento básico de linguagem de sinais e vinha cuidando de Tim até então], disse que sim e todos demos risada. Eu não sei quando foi a última vez que vi tantas pessoas se juntando para cuidar de outro ser humano”, escreveu Lynette em seu Facebook.

Reações à ajuda em avião

A postagem de Lynette está bombando nas redes sociais com pessoas de todos os lugares do mundo se comovendo com a atitude de Clara. Até o momento, a história recebeu mais de 1,2 milhões de curtidas, 86 mil comentários e quase 677 mil compartilhamentos.

Leia também: Pais surdos compartilham rotina de cuidados com filha ouvinte

Segundo edit na postagem, a Alaska Airlines está em contato com a família de Clare, com Tim e com Eric para de alguma forma recompensá-los por terem prestado  ajuda em avião  da companhia área.

    Veja Também

      Mostrar mais