É moda tirar selfies no banheiro, mas a selfie tirada pela australiana Emma Carey foi um pouco diferente: ela claramente havia feito xixi nas calças, mas não estava fazendo nenhum esforço para esconder isso. Muito pelo contrário: Emma quis mostrar esse momento para compartilhar uma mensagem importante sobre empoderamento e o que é superar uma lesão.

Leia também: Pessoas estão passando urina no rosto para manter a pele jovem; isso funciona?

undefined
Reprodução
Sem se constranger, Emma usa foto que tirou após molhar as calças por conta de lesão para falar de empoderamento


Em 2013, Emma sofreu um acidente depois de pular de paraquedas e ficou paraplégica , mas, surpreendentemente, conseguiu voltar a andar. A conquista, contudo, não significou que ela recuperou controle total do corpo. Emma ainda sofre com incontinência urinária e intestinal por conta da lesão , passando por situações constrangedoras no dia a dia.

Por isso, ela, que é uma influenciadora digital conhecida na Austrália por conta de seu acidente, decidiu usar o Instagram para falar sobre aceitação e empoderamento, esclarecendo a situação de sua incontinência.

“É assim que eu fico. Todos. Os. Dias. Muitas vezes ao dia. Eu acho que porque eu consigo andar, as pessoas tendem a achar que me recuperei completamente da minha lesão na coluna, mas a verdade é que ainda existem vários problemas. Um deles é que tenho incontinência urinária e intestinal”, escreveu ela em postagem do Instagram, em que aparece com os shorts molhados de urina.

Leia também: "Sinto deliciosos arrepios pelo corpo": segurar xixi pode levar ao orgasmo?

Ela conta que, no começo, ficava extremamente constrangida e mal queria sair de casa, com medo de que as pessoas vissem. Não falava o motivo de sempre precisar de um banheiro por perto sempre que saía e se escondia quando acontecia algum acidente. “Era exaustivo manter o segredo, então eu não deixava que ninguém se aproximasse.”

Força

Viver dessa forma, completamente infeliz, fez com que Emma fizesse uma mudança radical em sua vida, pois concluiu que, se fosse ficar chateada e brava todas as vezes que acontecesse um acidente, ela ficara chateada e brava “pelo resto da vida”. Agora, ela busca usar sua situação para empoderar outras pessoas e estimular que as pequenas conquistas sejam sempre comemoradas.

“Meu objetivo não é que sintam dó de mim ou me elogiem. É apenas mostrar que é completamente possível não se importar nem um pouco para as coisas com as quais as pessoas esperam que você se importe. Só porque nós fomos criados a acreditar que algumas coisas são tabu, não significa que elas realmente são. Só porque as pessoas acham que você deveria se constranger com alguma coisa, não significa necessariamente que você deve”, afirma.

Em outro post, ela fala sobre as “pequenas transformações” e os “pequenos momentos”, dizendo que, apesar de sua maior conquista ter sido voltar a andar, ela teve outras vitórias igualmente significativas, mas o progresso que ninguém vê é mais difícil de ser reconhecido e comemorado - e isso deve mudar.

“Talvez hoje você tenha penteado o cabelo depois de não conseguir cuidar de si mesma em semanas. Talvez hoje você tenha conseguido falar com um estranho depois de anos enfrentando o nervosismo, talvez hoje você tenha conseguido sair de casa. O que seja. Tenha orgulho”, escreveu.

O acidente que Emma sofreu, há cinco anos, deixou-a paraplégica e os médicos disseram que ela nunca mais voltaria a andar, mas, com fisioterapia e outros tratamentos específicos, ela recuperou os movimentos depois de quase um ano. Mesmo sendo capaz de caminhar e se movimentar, Emma tem pouquíssima sensibilidade nas pernas e vez ou outra acaba precisando recorrer à cadeira de rodas.

Leia também: Como lidar com a urina na cama das crianças mais velhas?

“Agora acho que todos os meus amigos já me viram fazer xixi na calça. Eu falo para as pessoas sobre a minha incontinência geralmente dez minutos depois de conhecê-las. E, agora, estou postando uma foto minha toda molhada para que mais de 100 mil pessoas vejam sem nem pensar duas vezes”, ressalta após desabafar sobre a lesão e suas consequências.

    Veja Também

      Mostrar mais