Tamanho do texto

"O exercício é para todos, pequeno, grande, alto, baixo, tamanho 38 ou 46. Se nós conseguimos, você também consegue", diz Jada Sezer nas redes sociais

A modelo plus size Jada Sezer está se tornando inspiração nas redes sociais quando o assunto é positividade corporal . Junto à jornalista Bryony Gordon, ela está correndo em maratonas usando apenas sutiã e calcinha para provar que ser "fitness" não está relacionado à ter o "corpo perfeito", mas a se sentir bem consigo mesma. 

Leia também: Internauta afirma que Ashley Graham não é "modelo de verdade" por ser gorda

A modelo plus size Jaza Sezer pratica corrida  junto à jornalista Bryony Gordon, sua dupla para participar de maratonas
Reprodução/Instagram/jadasezer
A modelo plus size Jaza Sezer pratica corrida junto à jornalista Bryony Gordon, sua dupla para participar de maratonas














Em entrevista ao portal britânico da revista "Cosmopolitan", a modelo plus size conta que nunca foi motivada a praticar atividades físicas apenas por ver como o corpo de alguém se transformou radicalmente por isso. "Não me exercito porque fico me comparando às outras pessoas, mas porque amo como o exercício faz com que eu me sinta. Acho que é muito importante estar motivada pelas razões certas." 

Apesar de amar se exercitar, Jada afirma que correr não foi algo que veio de forma tão natural para ela. "Comecei a correr há cerca de quatro meses, quando conheci o grupo de corrida 'Run Dem Crew' e Bryony Gordon, a minha dupla de corrida. Ela me chamou para minha primeira maratona, e eu concordei sem saber como seria um caminho longo. Se eu estivesse sozinha, teria desistido, mas as pessoas ao nosso redor acreditavam que seriamos capaz, então eu fui."


"Eu não costumava nem correr para pegar o ônibus antes disso, mas o Charlie [criador do Run Dem Crew] comemora todas as realizações dos corredores, grandes ou pequenas, e essa é a única razão pela qual comecei a correr. Parece que é um jeito legal de socializar, e eu estava tão relaxada que senti que era um ambiente seguro." 

A modelo explica que às vezes é difícil sair da zona de conforto, especialmente quando o assunto é ser "fitness" e, por isso, estar em espaços que você se sente confortável é tão importante. "Me sintia desconfortável correndo nas ruas por causa de homens que viram olhando para os meus seios, então adaptei meu treino. Encontrei roupas que me deixam confiante, sutiãs que me sustentam bem e passei a usar fones de ouvido para evitar essas situações." 

Leia também: Blogueira choca ao expor críticas a sua aparência com alteração digital extrema

Modelo plus size é inspiração nas redes

Jada Sezer e Bryony Gordon se conheceram há cerca de quatro meses e, desde então, são uma dupla em maratonas
Reprodução/Instagram/jadasezer
Jada Sezer e Bryony Gordon se conheceram há cerca de quatro meses e, desde então, são uma dupla em maratonas


Atualmente, Jada Sezer tem mais de 180 mil seguidores no Instagram, e é pela rede social que ela compartilha mensagens positivas sobre o próprio corpo. "Bryony e eu vamos correr a maratona de Londres de sutiã e calcinha para provar que você não precisa ser atleta para correr uma maratona (apesar de que isso ajuda)."

"Para provar que o  corpo de um corredor pode ser de todos os tamanhos e formas. Para provar que o exercício é para todos, pequeno, grande, alto, baixo, tamanho 38 ou 46. Para provar que se nós conseguimos, você também consegue!", escreveu em uma publicação. 

Para a "Cosmopolitan", a modelo também deixa claro a importância de não deixar que os padrões impostos socialmente te impeçam de fazer o que você quer. "Seu dia na academia é muito mais importante do que a opinião dos outros. Faça o que você precisa fazer para chegar até lá. Encontre o que te deixa mais confortável para dar o primeiro passo em direção à porta. É por isso que estou correndo a maratona de sutiã e calcinha, para mostrar que isso não importa. Uso roupas no tamanho 46, tenho gorduras, celulite e ainda estou correndo." 

Leia também: Segurança de hotel pede que mulher de biquíni "coloque uma roupa" por ser gorda

A modelo plus size também aconselha parar de ouvir os comentários negativos sobre o peso e aparência — inclusive os que você mesmo faz sobre si. "Muitas vezes você vai ouvir aquela voz interior falando sobre comida e exercício, pensando 'você comeu aquele bolo' ou 'você não foi correr hoje'. Isso não é bom e diminui sua auto-confiança. Você precisa conversar com essa voz e se lembrar de ser gentil consigo", finaliza. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.