Tamanho do texto

Buscando realizar o sonho da irmã e conscientizar as pessoas sobre a condição, Chris a presenteou com um ensaio incrível

Chris Garafola está bastante feliz com o sucesso na carreira como modelo, mas, para ele, o que realmente importa é a felicidade de Brittany, que tem Síndrome de Down. Por isso, no aniversário de 32 anos da irmã mais velha, ele planejou um evento especial: um ensaio fotográfico para que ela também se tornasse uma modelo.

Leia também: Jovem com alopecia posta selfies sem peruca e se torna inspiração na web

Chris é irmão de Brittany, que tem Síndrome de Down
Reprodução/Instagram/chrisgarafola
Chris é irmão de Brittany, que tem Síndrome de Down



À publicação americana “People”, o jovem afirma que Brittany é sua melhor amiga e que a Síndrome de Down pode ser algo inspirador. E o que pode ser melhor para demonstrar isso se não um ensaio fotográfico? "Quero que as pessoas questionem o que acham bonito e percebam que todos deveriam ter as mesmas oportunidades nessa vida, independentemente de nascer com o que nasceram", diz ele.

Garafola conta que, durante a juventude dos irmãos em Vermont (Estados Unidos), Brittany muitas vezes queria fazer as mesmas coisas que ele. Se ele chegasse em casa com um novo telefone, ela queria um telefone. Quando ele saiu de casa e foi para a faculdade, Brittany também queria buscar sua independência, e isso fez com que ela a se juntasse a uma comunidade de adultos com necessidades especiais em sua cidade natal.

Leia também: Ensaio fotográfico transforma crianças com câncer em heróis

Então, quando Chris se tornou modelo há alguns anos, a irmã também quis participar. "Quando eu comecei a mostrar os comerciais ou as revistas em que eu aparecia, ela me dizia que também queria fazer isso. Mas eu disse à ela que ela já era uma modelo - eu estava tentando ser como ela!", explica.

O ensaio fotográfico

Foi então que o rapaz teve a ideia de usar suas redes sociais para recrutar fotógrafos, cinegrafistas, estilistas e maquiadores para fazer uma sessão de fotos profissional e tornar o sonho de Brittany realidade. O modelo conta que começou a procurar por voluntários no início de maio e foi procurado por dezenas de profissionais de todo o mundo.

No dia do aniversário da irmã, ele disse à ela que eles dariam um passeio e sairiam para comer. "Os aniversários são importantes para a Brittany, ela estava falando sobre isso meses antes de acontecer", diz Garafola, rindo. “Estava me matando vendo o olhar em seu rosto!" Garafola lembra. "Ela olhou para mim como quem diz: ‘Vamos, cara, não vamos fazer alguma coisa?’”.

Leia também: Boneca com síndrome de Down é criada para inspirar crianças

Embora tenha difícil manter a surpresa em segredo, ele e a mãe, Kerryann, conseguiram levar Brittany para o local do ensaio. Quando eles viram as pessoas à espera, o rapaz revelou à irmã o verdadeiro motivo pelo qual eles estavam lá. "Ela começou a pular para cima e para baixo me abraçando e chorando. Foi realmente emocionante”, conta.

Brittany passou as próximas horas com uma equipe de profissionais de beleza e posando para a câmera. "Ela era uma supermodelo e sabia disso, era o dia dela ser uma profissional”, afirma o irmão, orgulhoso.



"Para mim, meu objetivo aqui é garantir que minha irmã tenha uma vida boa, esteja protegida e saudável. Sua felicidade é a minha felicidade, e isso manteve-se verdadeiro desde quando éramos crianças até hoje”, finaliza o modelo, que espera que suas fotos possam aumentar a conscientização das pessoas a respeito da Síndrome de Down.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas