Tamanho do texto

Jovem precisou chamar atenção do homem ao seu lado para pôr fim no caso

Se você já viajou de avião, sabe que só quem tem condição de pagar a classe executiva ou a primeira classe consegue viajar realmente confortável. Não importa quem está ao seu lado, o aperto é uma constante na vida dos passageiros da classe econômica. Entretanto, a situação pode ficar ainda mais difícil quando você é uma pessoa obesa.

Leia também: Após ouvir que "não existe bailarina gorda", dançarina brilha ao lado de Anitta

Natalie Hage é uma modelo obesa e já conta com mais de 121 mil seguidores apenas em sua página na rede social Instagram
Instagram/nataliemeansnice/Reprodução
Natalie Hage é uma modelo obesa e já conta com mais de 121 mil seguidores apenas em sua página na rede social Instagram

A modelo americana Natalie Hage seguia para Los Angeles, nos Estados Unidos, quando sofreu preconceito por parte do homem que estava sentado ao seu lado no avião apenas por ser obesa . Em relato compartilhado em sua página no Instagram, a jovem revela que o passageiro começou a tirar fotos dela e enviar a outra pessoa com quem ele conversava pelo celular, junto com comentários maldosos.

Leia também: 10 perfis no Instagram que comprovam que seu corpo não precisa seguir um padrão

“Estou tremendo agora. Paguei quase US$70 a mais por esse assento porque sei que preciso de um banco com mais espaço para as pernas. Só os do meio estavam disponíveis, então peguei o que eu pude”, explicou Natalie. “Assim que eu me sentei, o homem na minha esquerda começou a bufar alto e se ajeitar onde estava sentado. Eu o vi escrevendo furioso em seu celular e, depois, virando o aparelho para que eu não pudesse ver o que ele estava escrevendo. Naturalmente, na vez seguinte que ele voltou a escrever, eu olhei.”

Mensagens

A post shared by natalie. (@nataliemeansnice) on


A conversa que a modelo conseguiu ver a abalou profundamente. Além do homem fazer comentários maldosos, do tipo ele estar quase esmagado, a pessoa do outro lado da conversa, sem nem mesmo estar vendo a situação, também respondia com preconceito .

“Espero que ela não tenha comido qualquer comida mexicana”, escreveu o homem. “Eu acho que ela comeu um (homem) mexicano”, foi a reposta da pessoa do outro lado do celular. O curioso é que, pelas fotos que Natalie tirou do passageiro, ela não só não estava invadindo o espaço dele, como ele também conseguia ficar com as pernas completamento abertas.

A conversa continua com o homem falando que o voo poderia não seguir da forma correta apenas por conta do peso de Natalie. “Eu não fiz nada para ele. Eu estou apenas no meu assento. Estou tentando não me incomodar, mas estou muito chateada. Eu perguntei para o homem a minha direita se poderíamos trocar de lugar e contei o que estava acontecendo, mas ele só deu risada e se recusou. Tudo bem, afinal, não é problema dele.”

A modelo completa o relato dizendo que está é a realidade de uma pessoa gorda ou obesa, e não apenas em um avião. “Isso acontece no ônibus, na fila de uma loja, em um concerto, na internet… Você pode estar completamente em seu espaço, sem incomodar ninguém, e as pessoas ainda vão fo**r com você e tentar te machucar. A única coisa que você pode fazer é saber que você não fez nada de errado por existir e seguir em frente.”

Confronto

A post shared by natalie. (@nataliemeansnice) on

Depois de se sentir humilhada, Natalie tomou coragem de falar com o homem que a estava humilhando. Após a jovem falar que sabia o que ele estava fazendo, ele negou. Mas na sequência a jovem começa a citar toda a conversa que leu, e o homem não tem outra escolha a não ser pedir desculpas.

Leia também: Modelo é chamada de gorda e dá resposta com foto seminua

O relato da modelo obesa conseguiu milhares de likes tanto no Facebook quanto no Instagram, e apesar de alguns dos comentários também serem preconceituosos, falando que Natalie deveria parar de se fazer de vítima e começar a pensar em como o homem estava se sentindo, a maioria foi para apoiar a jovem. “Muito obrigada pelas mensagens e comentários. Meu coração está repleto.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.