Tamanho do texto

O sereismo virou tendência e várias famosas se renderam

Se vestir de sereia virou moda no verão
Reprodução
Se vestir de sereia virou moda no verão

A tendência foi chegando aos poucos. Os cabelos coloridos que dominaram a cena no ano passado davam sinais de que a sereia que mora no interior de cada mulher estava querendo aparecer - e ganhar cauda. A beleza apresentada nas passarelas da últimas semanas de moda reforçou o desejo com modelos desfilando de cabelos molhados e maquiagens que combinavam pele iluminada com sombras verdes ou azuis nos olhos.

Recentemente a grife Desigual confirmou a tendência ao levar uma sereia à passarela.

Para quem pretende levar a sério a ideia de capturar toda a feminilidade e sensualidade dessa figura mitológica que é metade mulher e metade peixe, pode se matricular num escola uma escola para sereis. Sim, isso existe.

A Sirenas Mediterranean Academy fica em Tarragona, na Espanha, e tem como proposta ensinar a nadar, dançar e se exercitar com a cauda. Além disso, as aulas da academia incentivam as alunas a criarem uma relação com o mar e a natureza, aprendendo a respeitar o meio ambiente.

Se ganhar um diploma de sereia não está em seus planos, é possível se divertir com a ideia de ser Ariel por um dia. Ou pelo tempo de uma pose no Instagram.

A designer canadense Monica Naumann foi uma das precursoras a vender cauda de lycra há cerca de três anos. Hoje já existem modelos brasileiros, como no site Sirenita, que custa R$ 329. A marca carioca Farm também entrou na onda e lançou uma nadadeira de sereia que está à venda por R$ 629.

Famosas usam caudas de sereia
Reprodução
Famosas usam caudas de sereia

Ivete Sangalo, Adriane Galisteu, Cláudia Ohana, Britney Spears e Gabriela Pugliesi são algumas das famosas que já apareceram posando de sereias. 

Gabriela Pugliesi usando o modelo da Farm
Reprodução
Gabriela Pugliesi usando o modelo da Farm


via GIPHY


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.