Tamanho do texto

Preparador físico e colunista do IG Delas, Vinícius Possebon apresenta três versões do famoso burpee, um tipo de exercício que ajuda a queimar calorias

O burpee é um exercício completo que consegue movimentar praticamente o corpo todo. De acordo com o preparador físico e criador do programa Q48, Vinícius Possebon , o burpee auxilia na queima de calorias, no condicionamento físico e até mesmo no fortalecimento dos músculos.

Leia também: Atitudes e um treino rápido para voltar a caber nas roupas apertadas

O burpee é um dos movimentos mais praticados dentro do HIIT (Treinamento Intervalado de Alta Intensidade)
Shutterstock
O burpee é um dos movimentos mais praticados dentro do HIIT (Treinamento Intervalado de Alta Intensidade)

A história conta que os primeiros burpees foram executados por Royal Huddleston Burpee , um fisiologista de Nova York, nos anos 1930. Entretanto, foi em 1942 que esse movimento ficou conhecido por ter sido incluído no teste físico militar do exército americano.

Um dos grandes diferenciais do burpee é que ele atinge quase toda a musculatura do corpo. Por esta razão, ao fazer uma sequência de movimentos, é possível aumentar o gasto calórico e alterar o metabolismo. "O impacto no metabolismo é maior. Costumo dizer que este é um exercício 'rei' para o emagrecimento", brinca.

Três variações

via GIPHY

A primeira variação do burpee completo é feita desta forma: começar em pé, em seguida, descer em posição de prancha e fazer um movimento de flexão, encostando o peito no chão, e subindo logo em seguida. Em um movimento único, puxar os pés próximo das mãos, levantar e dar um salto. “Esse exercício vai atingir peito, ombro e tríceps e um pouco das costas e no salto, atinge mais os membros inferiores”, complementa Vinícius.

via GIPHY

Entretanto, para quem tem mais dificuldades em fazer o burpee completo, existe uma variação onde o movimento de descer com o peito até o chão não é feito. “Fica desta forma: braço estendido na altura dos ombros (uma prancha), pula para próximo dos pés, e repete tudo de novo”, explica.

via GIPHY

Existe ainda uma terceira variação do burpee que é feita sem saltar. Esta versão é indicada para aqueles que sentem muita fadiga ao tentar fazer o burpee completo. “Braços estendidos na altura dos ombros em posição de prancha, pula para frente, levanta e repete tudo de novo. Aqui, a pessoa não irá realizar o salto que é feito no fim do movimento”, explica o preparador físico.

Leia também: Como acabar com a preguiça e com o cansaço em 3 passos simples

O burpee é um dos movimentos mais praticados dentro do HIIT (High Intensity Interval Training, ou Treinamento Intervalado de Alta Intensidade). Esse treino combina movimentos que podem ser podem ser feitos em qualquer ambiente, usando apenas o peso do corpo. “É importante lembrar sempre: faça o treino ou o burpee de acordo com suas limitações. Consulte um médico para poder fazer os exercícios sem preocupação”, finaliza. 

Para conhecer mais sobre burpee , HITT, exercícios e bem-estar, acesse a coluna do Vinícius Possebon no IG Delas .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.