Tamanho do texto

A chegada do calor para alguns traz também dilemas como a vergonha de expor o corpo em biquínis por aí. Vinícius Possebon, preparador físico e colunista do Delas, traz dicas para acabar essas neuras e entrar em forma

O verão está batendo a nossa porta, mas quando surge a oportunidade de ir à praia, muita gente fica com aquele receio de mostrar as gordurinhas. Mas isso não deve ser motivo para impedir que você aproveite a estação. Para Vinícius Possebon, é possível perder a vergonha mesmo com o corpo acima do peso. “Você não pode deixar de curtir a vida só porque está insatisfeito com o seu corpo”, provoca o preparador físico e colunista do Delas.

Leia também: Como acabar com a preguiça e com o cansaço em 3 passos simples

É hora de perder a vergonha, aproveitar a praia e aceitar seu corpo
Arquivo
É hora de perder a vergonha, aproveitar a praia e aceitar seu corpo

Para perder a vergonha de ir à praia , uma dica importante e olhar, de fato, para o próprio corpo. Não pense em padrões de beleza pré-estabelecidos ou nas famosas que exibem corpos perfeitos nas redes sociais. Você deve estar bem consigo mesma e, sim, buscar mudar algo se tiver infeliz ou mesmo com algum risco para a saúde por causa do sobrepeso. “O conhecimento liberta, então transforme sua jornada por uma vida mais saudável em uma jornada pelo conhecimento sobre o seu próprio corpo e a ciência”, sugere.

 O especialista ainda lista 5 passos que vão te ajudar a encarar a verão de cabeça erguida e entrar em forma. 

1. Acabe com o sentimento de resistência

Segundo Possebon, tudo a que resistimos acaba persistindo. Isso significa que, quando olhamos para o corpo com negação e não nos aceitamos, o problema tende a persistir ainda mais. “Aceite sua autoimagem e entenda que aquele é seu corpo”, explica.

2. Seja grato

O segundo passo é a consequência direta do primeiro. “Quando você se aceita como você é, você passa a ser grato pelo que você tem no presente”, explica. Assim, agradecer pela oportunidade de emagrecer a partir de hoje, pelas coisas boas da vida e por tudo o que é bonito no próprio corpo são formas de se sentir feliz. “Quando você sente gratidão pelo que tem, fica muito mais fácil de aproveitar o agora, mesmo que você não esteja feliz com seu corpo neste momento”, defende o colunista.  

3. Comemore a jornada

Enquanto tantas pessoas se preocupam com o quanto precisam emagrecer, Vinicius Possebon explica que é importante comemorar as pequenas vitórias. “Fique feliz que você perdeu alguma medida ou já emagrecer alguns quilos, mesmo que não esteja no corpo que você sonha”, explica. “Quando você dá foco no que já conquistou, você faz a sua jornada mais agradável e consegue tirar a camisa na praia sem receio”. 

4. Não se culpe

Embora seja importante se responsabilizar pelo corpo que se tem, Possebon ensina que é muito importante não colocar a culpa nos outros, se vitimizando, e nem mesmo se culpar ou alimentar o sentimento de culpa. “Essa atitude tem tudo a ver com as anteriores, porque quando você se sente grato pelo que você viveu e pelo corpo que você tem hoje, você deixa de alimentar o sentimento de arrependimento”, comenta, alertando que o mesmo deve ocorrer quando as pessoas não resistem a um doce ou ficam com preguiça de treinar em algum dia. 

5. Motive-se!

Por fim, o preparador físico ensina que é possível motivar a si mesmo para seguir na luta por uma vida mais saudável e um corpo mais magro. “Primeiro, tente mudar aos poucos e vá adicionando os novos hábitos aos poucos”, indica. “Depois, use o senso de responsabilidade para se sentir no controle da situação, e tenha sempre um porquê”, conta.

Leia também: Exercícios em casa em dupla emagrecem e ajudam no relacionamento; veja série

Ter um “porquê”, ou seja, um propósito para emagrecer e levar uma vida saudável, é um dos pontos principais para curtir a jornada e não se deixar consumir pela vergonha. “Se você faz tudo isso, você passa a não se julgar, e com isso deixa de lado a vergonha de ir à praia”, ensina. “Você não precisa emagrecer para se sentir bem com o próprio corpo, você precisa se sentir bem com o próprio corpo para emagrecer”. Para saber mais dicas de boa forma, acompanhe a coluna de Vinícius Possebon no Delas