Não é a toa que é tão difícil encontrar o cabeleireiro perfeito . Aquele que faça um ótimo trabalho, com um valor que caiba em nosso bolso, que entenda o que queremos, que seja comprometido, nos trate bem... enfim... Somos muito exigentes? Ou isso é o mínimo? Para te ajudar nessa tarefa, você precisa do visagismo. 

undefined
Reprodução/Instagram
Modelos usam constantemente visagismo para definir sua imagem

Leia também: Visagismo não é corte de cabelo!! Mas afinal, o que é isso?

 Muitas mulheres estão insatisfeitas e na verdade não sabemos dizer o porquê. Nós procuramos o profissional que deixou a modelo simplesmente maravilhosa e entramos no salão com a expectativa de sair de lá sendo aquela modelo. O que precisamos entender é que a finalidade de uma modelo, na grande maioria das vezes, é ser o mais bonita possível, pois isso é o que a define e coloca dinheiro no bolso dela. Mas será que beleza é o que todas nós precisamos? O visagismo pode ajudar a encontrar essa resposta.

Quantas de nós já saímos do salão arrancando elogios de todos, mas para nós, algo está errado, parece até desconectado com nós mesmas. O que é complicado de entender é que beleza não é tudo, mas é exatamente isso que a mídia vende o tempo todo. Quanto mais bonita melhor, quanto mais gostosa melhor... Mas isso pode atrapalhar quem você quer mostrar ser para as pessoas.

undefined
Janko Ferlic/Unsplash
Nossa imagem mostra ao mundo nosso interior

O profissional de beleza que sabe identificar isso no temperamento e personalidade da cliente não terá nenhuma saindo de lá frustrada. É natural que nem nós mesmas saibamos o que devemos fazer com nosso look para transmitir a mensagem que querermos transmitir, quanto mais uma pessoa de fora que tem apenas a técnica para aplicar.

Leia também: Como escolher o modelo de corte de cabelo que combina com você

Por isso, existem duas profissões diferentes:

1.     Cabeleireiro: Preparado para aplicar técnicas de corte, cor e modelagem nos cabelos.

2.     Visagista: Preparado para identificar qual é a melhor cor, corte e modelagem para os cabelos daquela pessoa, de acordo com o que ela quer transmitir de informação através da imagem.

Obviamente, o profissional que faz as duas coisas está anos luz à frente do que não tem o conhecimento visagista. E isso é o que mais gera frustração na maioria das pessoas.

Não adianta tentar olhar o formato de seu rosto e definir o corte através dele. Antes de ser visagista, nem o formato do meu rosto eu sabia dizer qual era. Existe uma técnica para isso e nem sempre é tão simples. Além do que, nós temos diversas outras características em nosso rosto que nos definem e devem ser levadas em consideração na escolha do estilo do cabelo.

 Se você está insatisfeita com seu cabeleireiro, procure um profissional com conhecimento para decifrar junto com você suas necessidades e desejos. E isso não precisa ser caro e inacessível.  Para mais dicas sobre visagismo e beleza, fique ligado na coluna Mania de Beleza aqui no iG.

    Veja Também

      Mostrar mais