A Desing Weekend de São Paulo chega a sua 9ª edição, e um dos destaques é a Casa Feira, apresentada pela Feira na Rosenbaum. O espaço é um convite para refletirmos sobre como nossa relação com os lares se transformou neste ano. É também uma celebração ao lugar mais importante de 2020: nossa casa.

casa feira
Divulgação
Galpão localizado na Rua João Moura, em Pinheiros, está sendo transformado para a montagem da Casa Feira

A Casa Feira terá visitação física e edição online entre os dias 08 a 22 de novembro.  O local vai transformar em uma casa (ambientada em um galpão à Rua João Moura, número 503, Pinheiros – São Paulo) com sete ambientes montados e decorados por amigos e convidados especiais, dentre eles Maurício Arruda, Michell Lottt e Marcelo Rosebaum.

O público será recebido com hora marcada (das 10h às 21h), com todos os cuidados de higiene e as orientações do Protocolo de Saúde e Segurança pós Covid-19. O agendamento pode ser realizado através deste link :   http://bit.ly/FaleComNazare

Mais sobre a Feira na Rosenbaum

casa feira
Divulgação
A Casa Feira estará aberta para os visitantes a partir do dia 08

Com o propósito de expor a alma brasileira, a Feira na Rosenbaum cria uma atmosfera multissensorial, que inclui narrativa visual, sabores, música, cheiros, cenários e encontros, tudo com uma energia de casa aberta e acolhimento.

Através de suas edições que reúnem artistas e artesãos, desde comunidades criativas tradicionais até designers independentes, a Feira na Rosenbaum leva ao público criações autorais com identidade brasileira que ajudam a contar e promover a rica diversidade cultural, com suas expressões e saberes.

Cris Rosenbaum, curadora de design e fundadora da Feira na Rosenbaum, explica: “Há 5 anos comecei a me entender como curadora de design. Naquele período, eram raros os espaços onde os artistas e designers, que estavam em um movimento de saírem de grandes marcas para desenvolverem um trabalho autoral, pudessem expor e comercializar suas criações. Foi pensando nisso, e na vontade de unir criadores em um único lugar plural, que me propus a criar esse espaço e fortalecer esse movimento".

Ela continua: "Minha curadoria passa pela identidade dos trabalhos, o que eles têm para contar. Nosso país é diverso, multicultural, assim também acabam sendo as criações que são inspiradas por todas essas culturas. Percebo como é importante apoiar esses criadores que estão fazendo trabalhos autênticos e que refletem a alma brasileira".

Cris Rosenbaum também fala sobre essa edição da Feira: "As pessoas podem encontrar artistas e designers que venho conhecendo ao longo desse tempo e parcerias que são frutos dos encontros proporcionados por esse movimento, que são, para mim, o maior motivo de celebração dentro dessa rede que conseguimos criar juntos".

    Veja Também

      Mostrar mais