Tamanho do texto

As férias chegaram ao fim, mas certas casas continuam em nossa memória. Nara Grossi nos mostra alguns desses espaços acolhedores e relaxantes.

Janeiro chegou ao fim, e junto com ele o fim das férias. Hora de voltar ao trabalho, levar os filhos na escola, enfrentando o calor, a chuva, o trânsito. Para nos dar um refresco nesse retorno preguiçoso, vamos falar aqui de 5 casas que adoramos. Acolhedoras e sem frescura.

Leia também: Banheiros sem frescura e com design inspirador

Veja detalhes dessas casas que mantêm esse ar de férias mesmo com a movimentação do nosso dia-a-dia. 

1. Casa Brooklin, São Paulo - Gema Arquitetura

A telha amarela e as plantas espalhadas pela casa dão o tom de férias mesmo dentro da cidade
Reprodução/Gema Arquitetura
A telha amarela e as plantas espalhadas pela casa dão o tom de férias mesmo dentro da cidade














O plantas mostram o caminho para a ocupação da casa
Reprodução/Gema Arquitetura
O plantas mostram o caminho para a ocupação da casa














A telha amarela junto ao paisagismo ajuda a iluminar a trazer frescor à casa
Reprodução/Gema Arquitetura
A telha amarela junto ao paisagismo ajuda a iluminar a trazer frescor à casa



Pequena e simples, essa casa ganha vida pela presença da telha metálica amarela. As janelas foram redesenhadas de forma a criar um novo ritmo na longa fachada lateral, favorecendo a entrada de luz natural. Com proposta despretensiosa, a casa teve seus espaços renovados, expandindo as áreas de jardim, contando com paisagismo exuberante que traz vitalidade e frescor.

2. Casa em Gonçalves – André Vainer Arquitetos

Imersa no verde das montanhas de Minas, a casa se abre para a paisagem
Reprodução/Archdaily
Imersa no verde das montanhas de Minas, a casa se abre para a paisagem














O fechamento em vidro traz a paisagem exuberante para o interior da casa
Reprodução/Archdaily
O fechamento em vidro traz a paisagem exuberante para o interior da casa














A iluminação natural participa na conformação dos espaços. Acolhe e traz aconchego
Reprodução/Archdaily
A iluminação natural participa na conformação dos espaços. Acolhe e traz aconchego



Essa casa utiliza basicamente três materiais: telha metálica para a cobertura, alvenaria para paredes internas e terraços e madeira para o restante. O vidro entra como o invólucro invisível que permite que a paisagem esteja presente em todos os lugares. Pura beleza!

3. Casa Dom Viçoso – Brasil Arquitetura

Imersa no silêncio das montanhas, essa casa tem construção simples e muito acolhedora
Reprodução/Archdaily
Imersa no silêncio das montanhas, essa casa tem construção simples e muito acolhedora














Madeira, concreto e alvenaria, com vista!
Reprodução/Archdaily
Madeira, concreto e alvenaria, com vista!



Cozinha mineira, coração da casa. Ao fundo a paisagem sempre presente
Reprodução/Archdaily
Cozinha mineira, coração da casa. Ao fundo a paisagem sempre presente



Num platô, com vista de tirar o fôlego para as montanhas de Minas Gerais, essa casa é daquelas que dá vontade de ficar e se esquecer da vida. Com acabamentos tradicionais, como pedras, madeira e cimento queimado no piso, a casa é pura simplicidade. A iluminação natural contribui para a sensação de relaxamento e aconchego.

Leia também: Tiny Houses – design e funcionalidade como novo estilo de vida

4. Casa em Tiradentes – Gustavo Penna Arquitetos Associados

A cobertura em curva se insere na paisagem sinuosa
Reprodução/Gustavo Penna
A cobertura em curva se insere na paisagem sinuosa














Em madeira e estrutura metálica, a casa se abre para a paisagem
Reprodução/Gustavo Penna
Em madeira e estrutura metálica, a casa se abre para a paisagem



Com cara de férias,  essa casa é puro relaxamento
Reprodução/Gustavo Penna
Com cara de férias, essa casa é puro relaxamento




A cobertura dessa casa se inspira nas linhas sinuosas das montanhas de Minas Gerais, emespaço praticamente único, integrado, que se abre para a vista, o verde e a luz natural.

5. Casa em Olho D’água do Casado - Tavares Duayer Arquitetura

Essa é a típica casa da nossa memória. Simples, pequena, colorida e acolhedora
Reprodução/Archdaily
Essa é a típica casa da nossa memória. Simples, pequena, colorida e acolhedora



A telha aparente, o cimentado do chão, os objetos regionais nos fazem ficar apaixonados com esse jeito de viver.
Reprodução/Archdaily
A telha aparente, o cimentado do chão, os objetos regionais nos fazem ficar apaixonados com esse jeito de viver.




Simplicidade com cara de férias!
Reprodução/Archdaily
Simplicidade com cara de férias!



Beleza e simplicidade traduzem essa casa, no sertão de Alagoas, em projeto que valoriza as características da região. O uso de materiais locais e a valorização da iluminação natural trazem um espaço leve, claro e acolhedor.

Leia também - Decoração com plantas: inspire-se e traga o verde para dentro de casa

É sempre muito bom ter um espaço que nos acolhe para descansar com a família e fugir da rotina. E não há nada com mais clima de férias do que isso. Qual a sua casa favorita? Para mais  dicas de arquitetura e design acompanhe nossa coluna por aqui!

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.