Tamanho do texto

A colunista Nara Grossi mostra que pode ser fácil e divertido apostar na composição de quadros para ocupar as paredes de sua casa

Colocar quadros na parede nem sempre é fácil. Aqui no nosso escritório sempre ouvimos dos clientes e amigos que escolher o lugar, a altura e a moldura certos para os quadros é um grande desafio. É comum bater aquela dúvida do que pode ou não pode, do que combina com o quê, se fica bom misturar molduras diferentes ou se deve seguir um padrão.

Leia também: Aposte em paredes coloridas para mudar o visual e o astral da sua casa

Quadros na parede podem estar pregados ou apoiados. Aposte na liberdade da mistura de estilos
Reprodução/Gema Arquitetura/Historias de Casa
Quadros na parede podem estar pregados ou apoiados. Aposte na liberdade da mistura de estilos














O que vou falar hoje é justamente que não é tão complicado assim, e que esse processo de montagem e colocação dos quadros na parede pode ser bem divertido! Uma dica importante é que os quadros não precisam necessariamente estar pregados na parede. Podemos criar composições sobre móveis, estantes ou prateleiras.

Quarto também é lugar para brincar com a composição dos quadros
Reprodução/Gema Arquitetura/Historias de Casa
Quarto também é lugar para brincar com a composição dos quadros













Como escolher os quadros?


Fotos e cartões postais podem se transformar num belo mural para sua casa
Reprodução/Gema Arquitetura
Fotos e cartões postais podem se transformar num belo mural para sua casa







Para deixar as paredes cheias de personalidade, você pode emoldurar desenhos, fotos e até mesmo papéis pelos quais você tenha afeto, que te leve pra algum lugar de sua memória, traga lembranças daquela viagem de férias ou de algum encontro familiar especial, por exemplo.


Gravuras e fotos de família podem estar expostos de diferentes maneiras
Reprodução/Pinterest
Gravuras e fotos de família podem estar expostos de diferentes maneiras


Para começar, separe tudo que gostaria que estivesse exposto nas paredes de sua casa. Feito isso, faça agrupamentos por tema, por exemplo: fotos antigas de família, fotos de viagem, cartões postais de viagens, desenhos da infância dos filhos ou sobrinhos, gravuras de artistas, papéis especiais... e por aí vai.

Leia também: Decoração com plantas: inspire-se e traga o verde para dentro de casa

Qual a moldura certa?


Molduras em madeira ou com cores neutras são opções seguras para sua composição
Reprodução/Gema Arquitetura/Pinterest
Molduras em madeira ou com cores neutras são opções seguras para sua composição



A primeira coisa é ter bastante liberdade nessa escolha, mas se você não quer correr o risco de errar vá para as molduras brancas ou de madeira clara com acabamento liso. Se você for daqueles que gosta de ousar e misturar é legal optar por uma maioria lisa e usar um ou dois quadros com molduras em relevo ou coloridas. O tema escolhido pode te ajudar no tipo de moldura.

Dica: para fotos antigas de família usar dois quadros com moldura dourada fosca, enquanto os demais são brancos ou em madeira, pode ficar interessante.

E agora? Como organizá-los na parede?


Tamanhos e molduras diferentes ajudam a deixar a composição mais despojada
Reprodução/Pinterest
Tamanhos e molduras diferentes ajudam a deixar a composição mais despojada


Para compor os diversos quadros juntos em uma mesma parede, ou mesmo apoiá-los em prateleiras, tente sempre trabalhar com tamanhos de quadros diferentes. Dessa forma é possível sair do óbvio e da monotonia no excesso de alinhamento.

Dica: quando a escolha for pregar os quadros , comece com uma composição no chão. Assim você ficará mais seguro ao organizar essa disposição antes de fazer os furos de forma errada.

E aí? Vale começar a revirar as gavetas e caixas para escolher os desenhos e fotos favoritas e pensar em quadros na parede? Sua casa vai agradecer essa ocupação! E para saber mais dicas de Arquitetura e Design, acompanhe a coluna de Nara Grossi no Delas