Estamos falando a língua de milhares de mães que reclamam que seus filhos não gostam de estudar , e que sofrem diariamente tentando fazer com que estudem. Crianças que choram para ir à escola, fazem escândalo, e quando chegam em casa não estudam e não fazem as lições de casa.

filhos
shutterstock
O que fazer com os filhos que não gostam de estudar?

Leia também: Assassinato de João Pedro: "É a dor de todas as mães", diz tia do adolescente

Existe um motivo para a criança não gostar da escola, e esse motivo vem dela mesma, afinal porque não gostar de ir a um lugar onde aprende coisas novas, socializa com amigos e segue para alcançar um objetivo necessário na vida adulta.

Provavelmente o medo, o medo de não conseguir, a baixa auto estima, a insegurança, esses fatores e vários outros fazem com que a criança "não goste" de estudar.

Para cada criança há um motivo, não tenho aqui como analisar cada um, mas existem algumas regrinhas que se foram seguidas podem ajudar essas crianças:

  • Rotina - criança precisa de rotina, para comer, para brincar, para se alimentar, e para estudar;
  • Estimulo - Os pais devem estimular os filhos mostrando as vantagens do estudo;
  • Organização - ajude o seu filho a se organizar e montar uma rotina de estudos;
  • Conversa - ouça o que seu filho tem a dizer da escola, dos colegas, das brincadeiras e das matérias que estudou  a cada dia;
  • Objetivo - sente com o seu filho e estabeleça  pequenos objetivos possíveis de serem alcançados, isso trará a ele uma responsabilidade e um prazer em alcançá-los;
  • Incentivo - incentive a criança a estudar sozinha, isso traz independência e maturidade.

O dia a dia faz com que tenhamos cada vez menos tempo para dedicar a educação dos nossos filhos, a dedicação  na infância, trará resultados para a vida inteira.

Durante a quarentena , todas essas regras se mantêm, podemos incluir algumas outras que vão ajudar a tornar as aulas em casa menos tediosas.

  • Durante o horário de estudos, inclua pequenas pausas para descanso;
  • Ajude o seu filho a conectar-se com os amigos;
  • Entenda o que funciona para seu filho, o que é fácil para uma criança, não é para outra;
  • Determine um espaço para estudo;
  • Determine um horário para as tarefas de casa;
  • Peça que seu filho anote todas as duvidas;
  • Peça que ele faca uma lista de tarefas;
  • A organização sempre traz bons resultados;

A última e mais importante regra é, estudar não é uma opção, é uma obrigação, não de alternativas, não negocie, seja claro quanto as suas expectativas e encarregue o seu filho de cumprir o objetivo. Mostre ao seu filho que ele é forte, ele consegue.

    Veja Também

      Mostrar mais