Com o deslocamento da sala de jantar para a varanda, o apartamento ganhou abrangência
Mariana Orsi
Com o deslocamento da sala de jantar para a varanda, o apartamento ganhou abrangência

Há muito tempo a varanda deixou de ser aquele espaço de segundo plano do apartamento ou apenas complementar para receber algumas plantinhas. Seja para ampliar a área útil do lar, ou seja, para promover bem-estar para os moradores, a varanda mostra cada vez mais a sua relevância nos projetos.

Entre as tendências que o profissional de arquitetura de interiores ou o morador podem implementar para essa área está o posicionamento da sala de jantar. A "varanda de jantar" pode se configurar como uma solução, no caso de imóveis pequenos, como também um novo olhar na decoração residencial. “Por contarmos com o fechamento de vidro e a discrição das persianas que sempre instalamos por todo perímetro do espaço, sem dúvidas o projeto ganha um algo a mais. Já pensou jantar com a participação da luz noturna ou a possibilidade de apreciar uma deliciosa vista do bairro?”, revela Fernanda Mendonça.

Para a também arquiteta e sócia do escritório, Bianca Atalla, a localização da varanda confere um clima despojado e um charme que a formatação clássica da sala de jantar não traria. “Pensando nas oportunidades em que os moradores recebem amigos, sem dúvidas o ambiente fica mais descontraído, deixando de lado aquela formalidade que o jantar carrega, mas sem esquecer da elegância”, diz.

Pensando nessa composição, as profissionais enfatizam a necessidade da instalação da cortina de vidro, essencial para a proteção contra as intempéries da chuva e do sol, além do conforto térmico. “Na época de outono e inverno, por exemplo, ninguém se sentirá confortável em estar, por um longo período, sentindo frio”, conta Fernanda. Além disso, com a especificação dos materiais utilizados na varanda, deve-se evitar o piso de madeira, que pode deformar em contato com a água ou apresentar problemas em função da incidência do sol. “Porcelanato é uma excelente pedida e atende com muita eficácia tanto na parte técnica, como na estética, por conta da variedade de acabamentos”, conta Bianca. Da mesma forma, o tecido que reveste as cadeiras deve ser resistente à água e protegido contra os raios solares. “No tocante à iluminação, sempre conferimos com as normas do edifício o tipo de luz e acessórios que devem ser especificados na varanda”, completa.

Você viu?

Sala de jantar na varanda do imóvel de 65m²

Projeto Oliva Arquitetura
Mariana Orsi
Projeto Oliva Arquitetura

Para a moradora deste apto com 65m², a varanda foi integrada como parte da área social do imóvel. No piso, que se fez presente em toda a planta, o porcelanato que imita madeira foi eleito com o intuito de propiciar a sensação de aconchego, facilitar a limpeza e compor a paleta de tons neutros presente em todo o projeto de arquitetura de interiores. Retangular, a mesa de jantar é acompanhada por seis posições de cadeiras. Como suporte, as arquitetas também consideram a presença de um armário para guardar as louças e demais objetos que integram os momentos especiais para servir. “No final das contas, a sala de jantar ficou em uma posição muito privilegiada e com um espaço bastante agradável e convidativo. Sem contar que o apto parece maior que sua área real”, destaca a arquiteta Fernanda.

Sala de jantar no apto com 35m²

Projeto Oliva Arquitetura
Julia Ribeiro
Projeto Oliva Arquitetura

O layout funcional e inteligente foi premissa para a concepção do projeto de arquitetura de interiores deste apto com apenas 35m². Morada de um jovem casal no início da vida a dois, o desafio das profissionais era conceber uma planta com "de tudo um pouco" e, para tanto, o planejamento, a marcenaria e a incorporação da varanda foram pontos cruciais para essa percepção de um imóvel maior do que realmente é.

Dessa forma, cozinha e jantar encontram-se praticamente na varanda. Com uma pequena mesa acompanhada por quatro cadeiras coloridas, a bancada da cozinha recebe o cooktop e tem sua extensão que faz às vezes de apoio durante os eventuais jantares especiais. “Gostamos muito dessa leveza que alcançamos. Sempre afirmamos que a limitação de área não é motivo para eliminar um ambiente ou mesmo passar aquela sensação de apertado”, detalha Bianca.

Jantar com clima de área gourmet

Projeto Oliva Arquitetura
Jenifer Gimenez
Projeto Oliva Arquitetura

No apartamento com 112m², a dupla aproveitou a amplitude da varanda para caprichar na mesa de jantar. Ao lado da área gourmet – com direito à churrasqueira, bancada com cooktop e outra com pia, armários e um frigobar –, uma mesa de madeira foi composta com a brasilidade das cadeiras com encosto em palhinha.

Para o bem-estar dos moradores e convidados, as normas do edifício possibilitaram a construção de uma cobertura com estrutura metálica e fechamento de vidro. Nessa atmosfera de paz, pratos e conversas no entorno da mesa, sem pressa para acabar.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários