Tamanho do texto

Aposte no home office! Tendência cresce no Brasil e conquista cada vez mais adeptos; veja como montar o espaço e ainda limpar a cadeira de trabalho

O home office é uma tendência mundial e uma prática que cresce cada vez mais no Brasil. Para quem quer adotar esse estilo de trabalho, é essencial saber como montar um escritório em casa. “Não basta eleger a mesa de jantar e sentir-se rodeado por toda rotina que envolve o ambiente”, diz Vanessa Keiko, arquiteta do Estudio FCK.

Montar um escritório em casa não é uma tarefa difícil; saiba por onde começar e como ter o seu home office
shutterstock
Montar um escritório em casa não é uma tarefa difícil; saiba por onde começar e como ter o seu home office

Ter um escritório em casa ajuda a bloquear as interrupções com mais facilidade e obter a performance esperada. Para começar, o primeiro passo é a escolha do local. Para quem tem mais espaço, vale apostar em um ambiente único, que permite mais  privacidade e a inclusão de armários e nichos para guardar os materiais.

Quem vive em apartamentos menores, por sua vez, pode aproveitar o dormitório ou até mesmo a sala. “Este é o primeiro ponto para começarmos a pensar nas possibilidades para projetar dentro do espaço determinado”, conta o arquiteto Felipe Luciano. 

Planejamento para o escritório em casa 

Para quem tem pouco espaço, vale fazer um escritório em casa na própria sala, mas sem atrapalhar a produtividade
Luis Gomes
Para quem tem pouco espaço, vale fazer um escritório em casa na própria sala, mas sem atrapalhar a produtividade

O planejamento dos móveis será feito de acordo com o que se deseja colocar no ambiente. No exemplo acima, o lugar escolhido foi a sala de estar. Apesar disso, a posição do escritório, fora do centro, permite ampliar o foco e eliminar as possíveis distrações. “Sem dúvida, esse é um grande desafio para quem se propõe trabalhar em casa", completa Luciano. 

Para a montagem, é necessário entender a atividade profissional que é exercida e o que vai ser necessário para poder executar as funções como se estivesse em um local externo. “Se for mais fixo e definitivo, fazer uso de marcenaria é uma ótima opção para criar espaços compatíveis com as necessidades do morador”, diz Vanessa. 

Por outro lado, se o desejo não for investir em um escritório completo, mas, na verdade, em algo mais simples, a recomendação é realizar a composição por meio de opções como, por exemplo, mesas soltas, gaveteiros e cavaletes com tampas de madeira e de vidro. 

É importante ter uma cadeira confortável , que evite dores e lesões na coluna, além de uma mesa que siga a altura padrão de 75 cm. Afinal, mesmo que o morador se sinta mais confortável em casa, ele deve ficar preocupado com seu bem-estar. Os arquitetos ainda apontam que o arejamento da área com ventilação natural, preferencialmente, também é importante para criar esta sensação. 

Outros itens, no entanto, devem ter pontos de energia para que possam funcionar: notebook, impressora e luminária. Além disso, é preciso espaço para equipamentos como modem, roteador de internet e impressora, caso necessário.

Para dar um upgrade na decoração e deixar o local com a personalidade de quem for usá-lo, dá para investir em pequenos detalhes. “Vale trazer um pouco da personalidade com objetos decorativos e peças de memórias afetivas que ajudam a deixar a área de trabalho mais agradável e cheia de vida”, finaliza Luciano. 

Saiba como limpar a cadeira para escritório

Ao montar um escritório em casa, é importante selecionar uma cadeira confortável; saiba como limpá-la corretamente
shutterstock
Ao montar um escritório em casa, é importante selecionar uma cadeira confortável; saiba como limpá-la corretamente

Em qualquer ambiente, inclusive no home-office , a cadeira de escritório é a peça-chave para que a concentração e o bem-estar do usuário não fiquem comprometidos ao longo da jornada, como já foi citado. O móvel pode até conter avanços tecnológicos que ajudam a ter mais conforto – porém, não há condições de ser usado caso esteja sujo.

Fato é que o acúmulo de sujeira prejudica a conservação do item e pode fazê-lo chegar ao fim de sua vida útil antes do previsto – com prejuízos financeiros e transtornos de uso. Para evitar que isso aconteça, o ideal é adotar medidas preventivas que não danifiquem o item na hora da limpeza. 

Paulo Bonatelli, gerente técnico da Sittz, explica que é preciso ter cuidado, inclusive com o pano de limpeza, pois o que possuem fibras grossas podem riscar as peças. "As cadeiras possuem componentes de diferentes materiais, como plásticos e metais, que podem ser danificados se os materiais de limpeza não forem adequados", diz. 

Segundo o profissional, o assento e o encosto são, geralmente, revestidos em tecido ou couro sintético. Eles podem ser higienizados com limpadores a vapor ou aspiradores de pó em potência moderada. Ao deixar cair líquido ou alimentos na cadeira, retire imediatamente para evitar manchas. 

Além disso, evite usar escovas com cerdas, pois elas podem danificar os revestimentos. Também não encharque a superfície dos tecidos para evitar a grande absorção de umidade. 

Já nas partes plásticas, Bonatelli recomenda usar uma flanela levemente umedecida e  sabão neutro. Não use produtos abrasivos que possam deteriorar as propriedades dos componentes. A poeira do dia a dia das partes metálicas deve ser limpa com um pano seco. Com essas dicas, você garante que a sua cadeira do escritório em casa estará sempre higienizada e pronta para uso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.