Tamanho do texto

Na hora de decorar o banheiro, muita gente tem medo de ousar e opta pelo básico, mas há várias formas de deixá-lo menos sem graça sem necessariamente precisar pintar as paredes com cores extravagantes

Na hora de decorar a casa do zero ou fazer uma reforma, muita gente faz planos elaboradíssimos para ambientes como quartos, salas e cozinhas, deixando para o banheiro uma decoração mais “padrão” e, às vezes, sem graça. É natural ter a ideia de que ambientes como a sala de estar e o quarto são os principais da casa porque é onde as pessoas passam mais tempo, mas não é por isso que os banheiros precisam ser negligenciados, já que há formas – algumas bem simples – de transformá-los em cômodos bem bacanas. Confira quatro delas:

1. Plantas

De acordo com um levantamento realizado pelo Pinterest  – rede social que reúne ideias de organização, decoração, beleza e outros temas –, usar plantas na decoração do banheiro é uma tendência; entre 2016 e 2017, houve um aumento de 302% no número de buscas pelo tópico.

De acordo com um levantamento do Pinterest, utilizar plantas na decoração do banheiro virou tendência
Reprodução/Pinterest
De acordo com um levantamento do Pinterest, utilizar plantas na decoração do banheiro virou tendência

É normal vermos pequenos vasos com flores artificiais em banheiros, mas é possível ousar e utilizar diversos tipos de plantas naturais na hora de decorar o cômodo. Segundo a arquiteta Bianca Prior, parceira da Doka Bath Works, ter plantas no ambiente ajuda a criar um clima relaxante, mas é preciso escolher bem, já que algumas espécies não se adaptam à oscilação frequente de temperatura e à presença de vapor.

Na hora de escolher as plantas, é necessário saber se elas aguentam o calor e a umidade do banheiro
Divulgação/Doka Bath Works
Na hora de escolher as plantas, é necessário saber se elas aguentam o calor e a umidade do banheiro

Segundo Bianca, a dica é saber onde colocar as plantinhas. “Independente de o ambiente ser pequeno, médio ou grande, é preciso ter moderação. O ideal é aplicar plantas nos detalhes, como em pequenos vasos dentro da área do box, ao lado da cuba ou em apenas um vaso maior de chão. Já para a banheira, o ideal é colocar pequenos vasos ao redor da peça ou em cima de tombolos, normalmente usados para taças e livros”, explica a arquiteta. Algumas opções que podem ser usadas são:

Ráfia

Esta espécie é um tipo pequeno de palmeira, ideal para ambientes um pouco maiores. De origem chinesa, a ráfia lida bem com baixa luminosidade e não precisa de muita água, além de ser uma ótima filtradora de amônia, substância presente em algumas tintas de cabelo e produtos de limpeza.

Samambaia

Esta espécie é uma boa opção para banheiros menores. Além de funcionar como um umidificador de ambiente natural, ela é capaz de filtrar diversas substâncias que fazem mal à saúde, como o benzeno, o formaldeído e o arsênio.

Capim-limão

O aroma agradável desta espécie ajuda a combater estresse, resfriados e até cólicas. Em contato com o vapor do chuveiro, ele é potencializado e utilizá-la no banheiro pode ser interessante para pessoas que têm problemas respiratórios.

Hera Inglesa

Esta é outra boa opção para purificar o ar do ambiente, mas, assim como a Ráfia, é uma planta de chão, sendo ideal para ambientes maiores. Além disso, elas devem ficar perto da janela, à meia sombra.

Eucalipto

Presente em diversos medicamentos para problemas respiratórios, o eucalipto é uma das plantas mais poderosas para auxiliar a saúde. Na hora do banho, o aroma da planta se espalha pelo ambiente, tornando-se, além de agradável, benéfica para quem tem problemas como asma ou bronquite.

2. Materiais inusitados

Quando se pensa em banheiros, normalmente os materiais que vêm em mente são os frios, como azulejos e porcelanatos, além de cores claras e neutras. No entanto, é possível, sim, fugir desse padrão usando revestimentos, gabinetes e até cubas de materiais como madeira .

A madeira normalmente passa longe de áreas molhadas, mas com o tratamento certo, podem ser usadas no banheiro
Reprodução
A madeira normalmente passa longe de áreas molhadas, mas com o tratamento certo, podem ser usadas no banheiro

Apesar de ser normalmente utilizada em ambientes em que não há água ou vapor, com os cuidados necessários , o toque rústico da madeira no banheiro o torna único.

Azulejos de formatos diferentes, pedras e outros tipos de revestimentos criativos tiram o ar sem graça do ambiente
Reprodução/Pinterest
Azulejos de formatos diferentes, pedras e outros tipos de revestimentos criativos tiram o ar sem graça do ambiente

Revestimentos que imitam tijolinhos, pedras, ladrilhos de formatos diferentes, cimento queimado e azulejos hidráulicos também são opções de materiais interessantes para deixar o cômodo menos sem graça.

3. Papéis e adesivos de parede

De acordo com o levantamento do Pinterest, o uso de papel de parede em banheiros também é uma tendência, levando em consideração que as buscas pelo tópico cresceram 72% de 2016 para 2017. Apesar de normalmente aparecerem apenas em cômodos como quartos e salas, há algumas variações que não estragam com o vapor e são até laváveis, além de darem um toque personalizado e alegre ao ambiente.

Hoje, papéis de parede laváveis tornam possível utilizar esse tipo de revestimento no banheiro e na cozinha
Reprodução/Pinterest
Hoje, papéis de parede laváveis tornam possível utilizar esse tipo de revestimento no banheiro e na cozinha

Uma opção mais prática é o adesivo de parede, que traz uma gama enorme de cores, estampas e texturas. De acordo com Fernanda Castro, gerente de comunicação da Avery Denninson, esse tipo de revestimento tem aplicação simples, já que não precisa de uma cola especial e, dependendo do tamanho, pode ser instalado pelo próprio usuário. Segundo ela, eles podem ser colados em diversos tipos de superfícies e duram até cinco anos.

Há também a opção de usar adesivos  que, dependendo do tamanho, podem até ser aplicados pelo próprio usuário
Reprodução/Pinterest
Há também a opção de usar adesivos que, dependendo do tamanho, podem até ser aplicados pelo próprio usuário

Fernanda ressalta ainda que, apesar de ser possível utilizar esse tipo de revestimento em áreas molhadas, as superfícies devem estar completamente secas e limpas antes da aplicação. Para fazer a manutenção, é necessário limpar as superfícies com um pano úmido.

4. Não tenha medo de ousar nas cores

Apesar de as pessoas normalmente optarem pelo branco ou por tons clarinhos na hora de decorar o banheiro, isso não é regra. Seja nas paredes ou em meros detalhes, até o rosa millennial e o amarelo primrose  (as cores do momento) podem aparecer no cômodo desde que sejam bem combinadas.

Cores do momento, como o rosa millennial (à esquerda) ou outras do gosto do morador podem, sim, ser usadas no banheiro
Reprodução/Pinterest
Cores do momento, como o rosa millennial (à esquerda) ou outras do gosto do morador podem, sim, ser usadas no banheiro

Outra tendência recente é a de utilizar banheiras coloridas como forma de dar um toque de cor sofisticado ao cômodo. De acordo com a arquiteta Elaine Fonseca, todas as cores são bem-vindas, basta levar em consideração o gosto do morador e a forma que diferentes tons afetam as pessoas.

Banheiras também podem ser coloridas; tudo depende de como a cor será combinada com o restante do cômodo
Reprodução/Pinterest
Banheiras também podem ser coloridas; tudo depende de como a cor será combinada com o restante do cômodo

“Quando a intenção é unicamente relaxar na hora do banho, o ideal são as cores claras, suaves e pasteis. Tonalidades como o ‘rose gold’, o amarelo e o cinza são tendências”, afirma Elaine. Segundo ela, usar tons fortes como o preto e o cobre também está permitido, mas ressalta que esse tipo de cor desperta em vez de relaxar. Para que o banheiro não fique muito sobrecarregado, Elaine indica escolher a cor do objeto ou da superfície que terá mais destaque e depois distribuir outros artigos da mesma cor pelo cômodo.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.