Tamanho do texto

Artesã Raquel Ferenczi ensina um passo a passo simples para você decorar jarras e talheres em casa e mostra detalhes de seu trabalho

Um tarde na casa de praia, uma bobina abandonada e algumas conchinhas que tinha colecionado em uma caminhada pela beirinha da água mais cedo. Foi assim que Raquel Ferenczi, de 50 anos, começou a trabalhar com artesanato. Um tempo depois, a tal bobina virou uma mesa e as conchinhas, o tampo. 

Leia também: 5 formas de deixar o tijolo aparente na decoração

Trabalhos de artesanato de Raquel Ferenczi
Divulgação
Trabalhos de artesanato de Raquel Ferenczi

O artesanato é hobby e negócio nas horas vagas de Raquel. Ela é formada em enfermagem, trabalha de segunda à sexta em um escritório e produz as peças - principalmente objetos de decoração e para usar no dia-a-dia em casa, mas também alguns acessórios como pulseiras - à noite ou aos finais de semana. Casada e mãe de três filhas, são elas quem dão o aval da produção. "Minhas filhas são meu termômetro", fala Raquel, que também já foi dona de um cyber café e deu aulas de pintura e outras práticas de artes manuais.

Inspirações

Raquel se diz apaixonada por tudo o que está relacionado a praia e mar. E o cenário que serviu de inspiração para a primeira peça continua presente no trabalho da artesã com muitas pedrinhas azuis, conchinhas. "Sempre que penso em alguma coisa para colocar em casa, penso no mar como uma inspiração", comenta. 

Kit Presente feitos sob encomenda Para mais informações ou pedidos entrar em contato pelo e-mail, celular ou facebook

A post shared by RAKA Criações (@rakacriacoes) on

Além do azul das águas, Raquel diz gostar de trabalhar muito com o vermelho, como na jarra que ela ensina a fazer por aqui. "Acho que azul e vermelho são cores que remetem a uma espécie de proteção. Dizem que o azul afasta o olho gordo e acho o vermelho uma cor muito forte", afirma. Para ela, essa ideia de transmitir proteção está presente em todas as peças que produz. 

Leia também: Personalizar a decoração é o segredo para uma casa com sua cara

De presente a negócio

Moldura de espelho feita por Raquel
Facebook/@RAKACriacoes
Moldura de espelho feita por Raquel

No começo, a produção de Raquel era para presentear os amigos. Ela fala ainda que pensa na pessoa que vai receber a peça enquanto a confecciona. "Fiz uma moldura de um espelho e enquanto pensava no desenho, imaginava a pessoa que iria recebê-lo ali, se refletindo no espelho. E era uma pessoa muito alegre, então precisava ser algo colorido", detalha. 

Os presentes conquistaram os amigos e no Ano Novo judaico de 2016, um deles fez uma encomenda. Queria também dar as peças de Raquel como presente. Assim começou o negócio. Hoje, ela expõe o trabalho em casa, no Instagram (@rakacriacoes) e no Facebook (https://www.facebook.com/RAKACriacoes/?fref=ts) e comercializa a produção. Ainda assim, garante que mantém a linha individualista, com peças exclusivas para os clientes. 

Peças funcionais

Raquel fala que gosta de produzir peças funcionais, que deixem o ambiente, sim, mais interessante, mas que também possam ser usadas na rotina. É o caso desse conjunto para suco que ela ensina o passo a passo por aqui. A jarra e a colher podem até ser lavadas à máquina que não há risco de danificar a peça ou soltar os detalhes. Veja como fazer: 

A post shared by RAKA Criações (@rakacriacoes) on


Materiais

  • jarra de vidro
  • colher
  • arame
  • de 50 a 60 pedrinhas para decorar

Como fazer

Primeiro vamos a jarra. Antes de começar, Raquel indica escolher uma jarra com alça delicada. "Se for muito grossa, como ainda será revestida, ficará ruim para segurar", explica. As pedrinhas podem ser de qualquer cor e mais ou menos do mesmo tamanho, não precisam necessariamente ser do mesmo formato. Já o arame deve ser maleável, para que ele não se quebre ao ser enrolado na peça. Segundo Raquel, é fácil encontrar esse material em lojas de produtos para artesanato. 

Leia também: Como fazer uma parede de cimento queimado

Pegue uma ponta do arame e enrole na base da alça da jarra. Tome cuidado para esconder a ponta, para evitar acidentes. Com essa parte firme, comece a colocar as pedrinhas. São três a cada fileira, e elas devem ficar do lado de fora da alça. Vá dando voltas com o arame e as pedrinhas até acabar a alça e, para finalizar, também esconda a ponta nas últimas voltas. Para a colher, o processo o mesmo. 

Para lavar as peças de artesanato, Raquel diz que você usar máquina ou detergente normal, apenas tomando cuidado ao passar a bucha na parte com as pedras para que elas não se soltem. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.