Com o passar do tempo e com a ação do estresse e outros fatores externos, a pele começa a apresentar sinais de envelhecimento, como rugas, marcas de expressão, manchas e olheiras. Para retardar esse processo ao máximo - e evitar o envelhecimento precoce  - é preciso ter hábitos saudáveis e também ter uma boa rotina de  cuidados com a pele , com a ajuda de alguns produtinhos.

rosto
Reprodução: Alto Astral
Alguns cosméticos podem ajudar a prevenir o envelhecimento


Segundo o dermatologista Franklin Veríssimo, os cosméticos podem ajudar a retardar o envelhecimento. "Os tratamentos visam realçar a beleza natural de cada paciente. Ajudam a retardar os efeitos do envelhecimento na pele", afirma.


O dermatologista a seguir dá algumas dicas de cosméticos para você que quer melhorar a saúde da pele. 

Use produtos com ácido hialurônico

Franklin aponta que o ácido hialurônico é uma peça chave na prevenção do envelhecimento. "O ácido hialurônico é macromolécula naturalmente presente em nosso organismo e desempenha diferentes funções, tais como lubrificação, hidratação e manutenção da estrutura dos tecidos. É também um dos principais componentes da pele humana sendo fundamental para a sua sustentação, hidratação e elasticidade", conta.

Mantenha a pele hidratada

Componente super importante na rotina de skincare, utilizar hidratantes com ácido hialurônico pode ajudar na hora de evitar o envelhecimento da pele. "Dentro da rotina, ele deve ser usado, com ou sem o ácido", diz

Botox e preenchimento pode ajudar

Franklin também indica tratamentos com toxina botulínica, o famoso Botox. "Os tratamentos para prevenção e redução dos sinais de envelhecimento que recomendo e são bem conhecidos são o preenchimento facial com ácido hialurônico e o uso da toxina botulínica. O preenchimento pode ser feito usando géis estéreis para uso injetável", conta.

Aplicações de gel de ácido hialurônico também podem ajudar na hora de preencher a pele. "Esses géis de ácido hialurônico são usados para repor e preencher os déficits de volume no rosto e no corpo, sendo usado para o tratamento olheiras, lábios, sulco nasogeniano (bigode chinês), cicatrizes profundas de acne, além de celulites e depressões corporais. Pode ser usado também para dar sustentação em protocolos de embelezamento e rejuvenescimento facial", afirma.

Mas antes de partir para a clínica, o dermatologista lembra que a aplicação tem seus riscos. "Este tipo de aplicação não deve ser feita em indivíduos com hipersensibilidade conhecida ao composto. Cabe destacar que tanto os cremes e séruns, quanto os géis injetáveis, não devem ser aplicados em locais onde há doença ativa na pele", aponta.

Franklin lembra que cada pele é única. "O melhor creme e tratamento para cada paciente demanda uma avaliação personalizada do dermatologista. É preciso avaliar tipo de pele e necessidade de cada um", aponta. Então, na dúvida, consulte um médico dermatologista.

Há outros cosméticos perfeitos!

Segundo a dermatologista Laís Leonor, há alguns cosméticos que podem ajudar e muito a pele na hora de prevenir o envelhecimento. "Os Bioestimuladores de colágeno como a hidroxiapatita de cálcio, ultra-som microfocado que promove pontos de coagulação e o encurtamento das fibras musculares de forma simples e indolor e na derme os pontos de coagulação encurtam as fibras elásticas dérmicas, promovendo efeito tightening imediato. Outros procedimentos bons para a pele é peeling químicos para renovação celular, os lasers para manchas e vasos e a radiofrequênciamicroagulhada", aponta. 

Ela ainda lembra do protetor solar, que é um ponto crucial na hora de prevenir o envelhecimento. "O mais importante de todos na prevenção, principalmente do fotoenvelhecimento, é sem dúvida o filtro solar. A função de barreira que mantém a hidratação celular também fica prejudicada com o envelhecimento , então devemos sempre aplicar hidratante adequado para o tipo de pele", afirma.

    Veja Também

      Mostrar mais