Tamanho do texto

Você sabe qual a diferença entre lifting e extensão de cílios? Confira as dicas de especialista e saiba qual o procedimento mais indicado para o seu olhar

A busca pelos cílios de boneca tem levado muitas mulheres a procurarem técnicas de  extensão e alongamento que além de destacarem o olhar, também ajudam a deixar de lado o rímel e os cílios postiços. Agora, parece que é a vez de outra tendência chamar atenção e dar aquele "up" no visual: o lifting de cílios, também conhecido como permanente.

O procedimento de lifting de cílios é a tendência do momento para dar mais destaque ao olhar sem perder o efeito natural
Reprodução/Instagram
O procedimento de lifting de cílios é a tendência do momento para dar mais destaque ao olhar sem perder o efeito natural

Um relatório de tendências divulgado recentemente pelo Pinterest — rede social que reúne bilhões de ideias de beleza, moda, decoração, artesanato, etc. — indica que as soluções para manter os cílios "no alto", usando a técnica de  lifting de cílios como alternativa, tiveram um aumento de 52% no número de buscas. O procedimento também está entre os preferidos de famosas como Fernanda Paes Leme, Isis Valverde, Giovanna Lancellotti, Fernanda Souza e outras.

De acordo com Carina Arruda, diretora da MyLash, o lifting realmente é uma tendência e pode ser a alternativa para quem prefere um resultado mais natural, já que o objetivo é curvar os cílios naturais, criando o efeito de alongamento de um curvex. "É a opção mais viável para quem já possui cílios longos,  prefere evitar o uso de material sintético e só precisa de curvatura."

O tratamento cria um efeito de alongamento da raiz até a ponta dos cílios, dando a impressão de que há mais comprimento e volume, mas sem danificar o fio. "Ele levanta, curva, organiza e separa os cílios de forma natural e saudável, proporcionando um efeito prolongado", explica.

Aderindo à tendência do lifting de cílios

Celebridades como Isis Valverde e Giovanna Ewbank são adeptas de técnicas como lifting de cílios e alongamentos
Reprodução/Instagram
Celebridades como Isis Valverde e Giovanna Ewbank são adeptas de técnicas como lifting de cílios e alongamentos

Como o foco do lifting não é alongar os cílios, mas trabalhar na curva, a especialista acrescenta que há algumas indicações para que a pessoa tenha um resultado positivo. "Antes de mais nada, é  necessário que ela tenha um tamanho de cílios razoável e que esses cílios sejam retos para poder criar esse 'efeito curvex'", diz. 

Mas não se preocupe, quem vai avaliar se o seu cílio se encaixa nessas sugestões e se você está apta para fazer lifting é uma profissional. "É sempre necessário fazer uma avaliação dos cílios e um teste de contato antes de qualquer procedimento para saber se a pessoa tem sensibilidade a algum componente da formulação.  O procedimento, contando com essa avaliação, dura cerca de 45 minutos." 

O processo de lifting, assim como no caso da extensão de cílios , não deixa o produto entrar em contato com a pele. Apesar disso, a diferença é que esta técnica não utiliza cola como nos alongamentos tradicionais. "A substância utilizada nesse tratamento é rica em nutrientes para fortalecer os pelos e dispensa manutenções, porém é fundamental que os olhos estejam bem fechados para evitar ardência", diz Carina. 

"Diferente do 'permanente de cílios' de antigamente, que tornavam os cílios quebradiços, hoje os produtos são mais seguros e com nutrientes que fortalecem os fios, a técnica é indolor e o produto vai saindo aos poucos. O resultado dura em torno de 30 dias e, depois desse período, os cílios voltam ao formato inicial", completa. Além disso, o uso de qualquer tipo de rímel é liberado após o procedimento estético .

Lifting de cílios x extensão de cílios

Existem algumas diferenças entre lifting de cílios e extensões que devem ser consideradas antes de escolher a técnica
Reprodução/Instagram
Existem algumas diferenças entre lifting de cílios e extensões que devem ser consideradas antes de escolher a técnica

Como mencionado, o lifting não é exatamente igual à extensão. "No primeiro caso, utiliza-se um gel para deixar os cílios naturais mais curvados e organizados. Já na extensão, são colados fios sintéticos nos naturais para um efeito de cílios de boneca", explica. E a escolha vai depender do resultado que a pessoa deseja:

  • Extensão: indicado para quem quer ter cílios longos, volumosos, naturais  e impactantes;
  • Lifting: indicado para quem quer ter cílios curvados e mais alinhados.

Outra diferença é a duração e a manutenção. Enquanto o lifting dura até um mês e não precisa ser retocado, a extensão tem a durabilidade entre 15 a 20 dias. "Os fios das extensões caem juntamente com os cílios naturais que estão na fase final de crescimento", diz. Também  não é recomendada a utilização de máscara ou curvex quando estiver usando extesões. 

"É sempre importante lembrar que para qualquer um dos procedimentos, seja o lifting de cílios ou o  alongamento  , é necessário uma profissional capacitada e um local seguro para que os serviços sejam feitos com qualidade e segurança necessária. Outra coisa importante é que em cílios com lifting não pode fazer extensão de cílios, pois a cola tem aderência", finaliza Carina.

    Leia tudo sobre: maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas