Tamanho do texto

Pela primeira vez, a busca por cabelos cacheado passou a por cabelos liso

Ter cabelo cacheado não é questão de moda. Na verdade, em um mundo em que até pouco tempo apenas o liso e ondulado eram considerados bonitos, assumir os cachos  é praticamente um ato político. Para se ter uma ideia, após 19 anos da existência do site de buscas Google, esta é a primeira vez que a procura por cabelos cacheados superou a de lisos no Brasil, um país onde é natural as mulheres terem cabelos cacheado ou crespo.

Leia também: 22 comentários que mulheres com cabelo cacheado não aguentam mais ouvir

Cabelos cacheado e crespo são cada vez mais procurados pelas brasileiras, que estão deixando de alisar os próprios fios
Shutterstock

De acordo com a empresa, o crescimento foi de 232% no último ano. Já a procura por cabelos afro subiu 309% nos últimos dois anos. Outro dado importante é que no mesmo período as buscas pelo termo “ transição capilar ” cresceram 55%, o que quer dizer que as mulheres estão buscando mais por formas de deixarem o alisamento e voltarem a ter o cabelo cacheado .

O problema é que, muitas vezes, após passar por todo o processo da transição capilar, as mulheres simplesmente não sabem como cuidar do próprio cabelo. De acordo com o cabeleireiro Rodrigo Araújo, que trabalha no salão House of Beauty e é um dos queridinhos das cacheadas de São Paulo, uma dica é passar a usar xampus sem espuma ou de pouca espuma. “O agente detergente que faz a espuma retira a oleosidade que estes cabelos carecem pelo fato de serem crespos e naturalmente mais ressecados”, explica o especialista em entrevista ao Delas .

Esse xampu é como os da linha Low Poo, que seria um produto mais leve para os fios. Um exemplo é o xampu hidratante para cabelos cacheados da Deva Curl. No site da Sephora, ele pode ser adquirido por R$35,00.

Produtos para as cacheadas

O hair style Fernando Querichelle concorda que as cacheadas e crespas devem procurar por xampus sem sulfato. Ele explica que, diferentemente de quando usamos os xampus tradicionais, o produto sem sulfato deve ser aplicado em uma quantidade maior na hora de lavar. “E em vez de ‘esfregar' o couro cabeludo, ele deve ser massageado em média por cinco minutos,  até senti-lo higienizado. Depois, enxaguar bem e repetir o processo”, aconselha o profissional.

Assumir cabelo cacheado ou crespo é quase um ato político para as mulheres que já sofreram preconceito por conta do cabelo
Shutterstock
Assumir cabelo cacheado ou crespo é quase um ato político para as mulheres que já sofreram preconceito por conta do cabelo

Fernando comemora o fato de, hoje, termos cada vez mais opções de produtos disponíveis para cabelo cacheado e crespo, algo que não ocorria até poucos anos atrás. As cacheadas e crespas também podem optar por usar creme de pentear, um leave-in ou um ativador de cachos se quiserem definir mais o cabelo. “A melhor forma de passar o leave-in é com o cabelo já desembaraçado e molhado. Divide-se o cabelo em mechas pequenas para uma maior definição ou mechas mais largas para mais volume e definição mediana. Depois, passa o leave-in próximo da raiz, no comprimento e pontas, sem encostar no couro cabeludo, e puxando as mechas como se fossem fitas para definir bem.”

Esses cremes são de grande ajuda para as cacheadas, principalmente na fase da transição, quando os fios ficam sem forma. Outra opção da Deva Curl é o creme estilizador para cabelos cacheados. No site da Sephora, é possível encontrar a versão de 250g por R$48,00 ou em 2x de R$24,00 .

Já os óleos naturais, como o óleo de coco, podem ser usados com o cabelo seco. Fernando explica que as mulheres devem distribuir o produto nas partes mais secas e deixar por um tempo, que pode ser de 30 minutos até algumas horas. “O importante é lavar o cabelo depois, já que esses óleos são naturais e não tem proteção. Ele também poder ser usado com o cabelo molhado para hidratar, misturando junto com a máscara.”

Falando nisso, as máscaras são importantes para cuidar da saúde do cabelo cacheado e crespo. O ideal é alternar entre as máscaras de hidratação, nutrição e reconstrução, cada uma com um objetivo de diferente. “O cabelo tem de estar higienizado e úmido para começar a aplicar o tratamento, tem de ser aplicado em todo comprimento e pontas, dividido em mechas médias para distribuir melhor o produto.  Essa é uma boa hora para desembaraçar os fios” – algo que nunca deve ser feito com o cabelo seco.

Quais os cuidados mais importantes para manter os cachos bonitos?

Rodrigo Araújo brinca que depende do que se considera um cacho bonito. “Se o objetivo for um cabelo saudável, com brilho, maciez e definição, é interessante sempre finalizar adequadamente e usar produtos que auxiliem na hidratação, visto que estes tipos de cabelos tendem a serem mais frizados e opacos.”

Já em relação à finalização pós lavagem, o profissional explica que existem inúmeros tipos de finalizações, variando para cada tipo de gosto e disposição para cuidar destes tipos de cabelo. A mais popular é a fitagem, que nada mais é que aplicar os produtos de finalização mecha por mecha no cabelo úmido. Fernando Querichelle aconselha puxar levemente os fios como se fosse uma fita. Depois disso,  dar uma amassadinha, apertando a mecha com a mão para definir o cacho. 

Vale também prestar atenção no corte do cabelo, já que muitas vezes pode ser ele o "causador" de brigas entre você e os seus próprios fios. Procurar um profissional que saiba realmente cortar o cabelo cacheado e crespo faz uma grande diferença.

Como secar o cabelo cacheado e crespo?

Fernando Querichelle indica tirar o excesso de água dos cabelos com uma toalha lisa ou camiseta antiga, já que os tecidos felpudos podem gerar mais frizz nos fios. Depois disso, é preciso definir como você quer que ele fique após totalmente seco.

“Na maioria das vezes, o melhor é o difusor, que dá volume médio e definição media, mas para quem quer muito volume e pouca definição, pode ser usado o secador sem o difusor e um pente garfo para levantar a raiz.  Quem quer muita definição tem de deixar o cabelo secar naturalmente e, depois, com o garfo dar uma levantada na raiz.”

Transição capilar

Quem não corta o cabelo com química fica no mínimo um ano com ele em transição, mas o resultado é transformador
shutterstock
Quem não corta o cabelo com química fica no mínimo um ano com ele em transição, mas o resultado é transformador

Passar pela transição capilar é uma escolha difícil, já que não é um processo fácil de se passar. Assim que a pessoa para de passar química nos fios, o cabelo muda completamente, fica sem forma, sem brilho e muito danificado. Ainda assim, para muitas mulheres foi uma das melhores decisões que já tomaram na vida.

“Uma das fases mais difíceis é a transição, mas também é uma das fases mais lindas e emocionantes de se acompanhar. Hoje, já existem produtos específicos para essa fase. O bom é usar um leave-in bem hidratante para o cabelo ficar bem macio e emoliente, também pode-se misturar o leave-in com  um gel bem líquido que ajuda a segurar mais o frizz e a forma por mais tempo”, explica Fernando Querichelle.

Leia também: Transição capilar proporciona mudança nos fios e também na vida de mulheres

Rodrigo Araújo afirma, entretanto, que o melhor produto, na verdade, vem de dentro: a aceitação. “Não existe fórmula mágica que vai facilitar o processo de transição, é difícil, eu não vou mentir. A pessoa tem de estar disposta a sacrificar o costume que ela carrega em si por anos, e o único jeito de se resolver é cortando. O quanto vai ser cortado sempre dependerá do estado emocional da pessoa em relação à aparência dela, visto que, na maioria das vezes, a pessoa está acostumada com o cabelo comprido e liso e não com o cabelo cacheado e curto.”

Os queridinhos das cacheadas

Uma marca que ficou conhecida pelo cuidado com os cabelos cacheados e crespos foi a Deva Curl. Com uma linha que inclui produtos no e low-poo, sem as substâncias que podem danificar os fios mais ressecados, a Deva trabalha com o objetivo de ativar os cachos já naturais. Profissionais da área usam muito os produtos, principalmente em meninas e mulheres que estão passando ou acabaram de sair da transição capilar.


Para comprar os produtos da Deva no site da Sephora, clique abaixo:

1. Shampoo hidratante para cabelos cacheados low-poo (120ml), por R$35,00

2. Condicionador restaurados para cabelos cacheados no-poo (120ml), por R$32,00

3. Creme estilizador para cabelos cacheados Styling Cream (250g), por R$48,00 ou em 2x de R$24,00

4. Creme fixador para cabelos cacheados Super Cream (250g), por R$61,00 ou em 3x de R$20,33

5. Máscara hidratante para cabelos cacheados Heaven in Hair, por R$100,00 ou em 4x de R$25,00

Já sabe tudo sobre como cuidar do cabelo cacheado? Para mais informações sobre cachos e outras notícias de moda e beleza, continue no canal Delas .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.