Tamanho do texto

Expert da beleza explica que cabelos bem lavados e as técnicas corretas vão ajudar a tornar sua escova caseira mais próxima de um trabalho de salão

Cabelos disciplinados, com aquele liso perfeito ou o ondulado espetacular são características de uma escova bem-feita, dessas que fazemos quando vamos a um bom salão de beleza. Porém, esse resultado não precisa ficar restrito aos locais especializados - que muitas vezes cobram um preço além do gostaríamos de pagar. 

via GIPHY

Mas se não dá para fazer no salão, é melhor caprichar para sair de casa com um visual digno de diva, certo?  Isso quer dizer: sem aqueles fios arrepiados e um aspecto de cabelo seco e espigado. Com um pouco de técnica, produtos certos e um pouco de paciência é possível fazer uma bela escova em casa.

O hairstylist, visagista e consultor da Netfarma, Sylvio Rezende, explica que cabelos bem lavados e as técnicas corretas vão ajudar a tornar sua escova caseira mais próxima da de salão - que, vamos combinar, não tem igual!

Lavar os cabelos com os produtos certos

via GIPHY

O primeiro passo é lavar os cabelos com um shampoo e um condicionador adequados para o seu tipo de cabelo - oleoso, seco, quimicamente tratado, etc. O ideal é passar um shampoo antirresíduos antes do processo, para limpar ao máximo o couro cabeludo e os fios.

“Um cabelo bem limpo pelo shampoo e sem resíduos de condicionador segura por mais tempo a modelagem da escova”, ensina Rezende.

Para não deixar o cabelo pesado, não exagere na quantidade de condicionador, passe apenas no comprimento e o remova bem do cabelo.

Proteção e secagem

Após a lavagem, passe leave-in ou protetor térmico – novamente, cuidado na dosagem. Passar demais, em vez de deixar o cabelo mais macio, o deixará com aspecto pesado. Depois desse processo, pegue o secador e tire ao máximo a umidade do cabelo.

“Nessa etapa não é preciso usar a escova, use apenas as mãos”, sugere Sylvio.

Mas atenção: se o seu cabelo for crespo, diminua o tempo da secagem e comece a escovação com os fios ainda úmidos, pois ficará mais fácil de modelar.

Escovação

via GIPHY

Essa é a parte da paciência, força no braço e um pouco de técnica. Comece dividindo os cabelos em quatro ou mais partes (caso tenha bastante cabelo). Para facilitar, enrole as mechas que não forem trabalhadas no momento em pequenos coques. Na mecha restante, seque de cima para baixo – lembre-se de trabalhar bem a raiz, a parte mais importante para um bom resultado. Ao seguir a mecha, rode a escova e alise com o secador.

Faça primeiro a parte de trás e depois passe para as laterais superiores. Use um espelho para visualizar a parte de trás também. Caso tenha franja, a deixe por último. “Na hora de modelar, lembre-se: ao virar as pontas para dentro, a escova fica mais lisa e mais encorpada. Ao virar as pontas para fora, o cabelo fica com mais volume”, ensina o expert.

Sylvio também alerta que cada tipo de cabelo merece uma atenção específica:

Lisos – "Prefira escovas grandes, que vão levantar a raiz e aumentar a durabilidade do penteado. Deixe o secador a uma distância de pelo menos dois dedos dos fios. Basta passar o secador uma vez em cada mecha."
Ondulados – "Para alisar e manter o movimento, escolha as escovas médias. Estique cada mecha várias vezes para ter os fios lisos."
Crespos – "As escovas de cerdas naturais são as ideais para esse tipo de cabelo, de preferência as redondas de cerdas firmes. Enrole a mecha na escova, estique e coloque o secador mais próximo ao fio. Repita na mesma mecha até perceber que o cabelo está bem seco e liso (pode levar tempo)."

Fios à la Gisele Bündchen

via GIPHY

Caso queira dar um ar sexy ao cabelo escovado e evitar o aspecto de “liso escorrido”, enrole algumas mechas em bobes médios e largos no alto da cabeça. Aguarde uns 20 minutos e depois solte sem pentear.

Finalizador

Para finalizar a escova perfeita, borrife um spray fixador nos fios, para que a escova dure mais tempo.

Chapinha ou baby liss

via GIPHY

Esses equipamentos podem dar aquele toque final ao seu penteado. Passar apenas uma vez em cada mecha, e rápido, para não queimar ou quebrar os fios. Se você tem cabelos finos, procure usar apenas em ocasiões especiais para não estragar o trabalho feito com a escova.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.