Fernanda* conta que não entendia muito bem os motivos que levaram ao fim de seu casamento, mas de uma coisa ela tinha certeza: a psiquiatra do cônjuge fez parte do divórcio. As suspeitas se confirmaram quando ela e o marido já estavam separados, ao olhar as fotos no Facebook em que ambos apareciam em uma manifestação contra a então presidente Dilma Rousseff.

"Eu descobri as fotos uma semana após eu sair de casa, em uma passeata. Nós morávamos no mesmo prédio. A psiquiatra que era minha vizinha. E aí a gente encontrava ela na garagem, no térreo e eu mesma só soube por fotos", conta.

manifestação
Reprodução/Wikimedia Commons
Fernanda* descobriu a traição por fotos de uma manifestação contra o governo Dilma Rousseff


O caso aconteceu em meados de 2014. "Estava olhando meu Facebook e vi uma foto dela na manifestação na região do MASP em São Paulo e logo depois uma dele. Curiosa que sou, vi que uma foto encaixava na outra. Depois fui olhar as fotos que ela postava e todas eram em lugares que eu e meu então marido frequentávamos", diz.

Além da manifestação, Fernanda* ainda conta que logo viu fotos da psiquiatra em um restaurante que os dois visitavam com frequência no Itaim. "Ele adorava aquele restaurante, aí de repente ela também começou a ir e tirar fotos. O meu ex não é de sair em fotos por ser empresário, mas os fatos batiam muito", afirma.

Mesmo com todos os fatos na mão, ela perguntava e ele negava. "Eu perguntei diversas vezes e ele negava, que não estava, que não tinha nada a ver. Ficou essa coisa mal resolvida, mas quando separamos mesmo, ele assumiu ela".


Sabendo dessas duas coinciências, Fernanda* não parou de investigar, já que a curiosidade bateu à porta, ela foi atrás. "Contei para minha irmã e ela não acreditou! Então fomos pesquisar várias fotos na Internet e consegui montar fotos inteiras. Sou curiosa e persistente, quando montei a foto inteira eu descobri que eram os dois juntos", diz.

O mais curioso para Fernanda* é que o então marido tinha ciúmes das consultas com o psiquiatra dela. "Eu não entendia, ele implicava que eu ia muito arrumada para as consultas, mas acontece que eu ia bem vestida para dar uma volta no shopping Higienópolis logo após a consulta. Mesmo explicando, ele tinha ciúmes. Acho que ele projetava o que acontecia em mim", diz.

*O nome foi alterado para preservar a identidade da entrevistada

    Veja Também

      Mostrar mais