No começo de 2020, Emily, 21 anos, conheceu Rafael, 31, quando fez a entrevista de emprego para trabalhar em uma famosa rede de restaurantes. Já durante a conversa para saber se ela seria contratada ou não, a jovem sentiu algo a mais pelo homem que seria seu chefe. É o que diz a jovem, que preferiu usar apenas o primeiro nome dos envolvidos, em entrevista ao Delas.

História da traição
FreePik
História da traição


“Ele era muito meu tipo, achava que ele era um homão, mas ele era meu chefe e no começo não tinha intenção alguma”, conta Emily. 

Mas, após um mês trabalhando, os olhares e piadinhas com “segunda intenções” começaram e, apesar de receosa no começo, ela estava solteira e decidiu retribuir os flertes.



O primeiro encontro deles foi em um bar depois do trabalho e o clima foi ficando cada vez mais intenso, até que eles se beijaram. Então os dois não se aguentaram e foram para um motel naquela mesma noite.

Início do sonho

Segundo Emily, ela achava que tinha encontrado seu próprio príncipe encantado e os dois viviam um conto de fadas da vida real.

Apenas um mês depois do primeiro beijo, Rafael a pediu em namoro e disse que a amava. Logo em seguida, ela o apresentou aos seus pais, que o adoraram. O casal se via todos os dias no trabalho e não se desgrudava. Entre um intervalo e outro, os pombinhos aproveitavam para trocar carícias.

Você viu?

“Bom, passamos 4 meses maravilhosos, ele era carinhoso, me dava flores, amava meus pais e eles amavam ele. O problema começou quando tornamos público nosso namoro, que ninguém podia saber por causa do trabalho, era isso que eu pensava, pelo menos”, comenta a jovem.

Deu tudo errado

O pior dia da vida de Emily foi durante um expediente com o restaurante lotado. Segundo ela, uma mulher apareceu procurando por Rafael e, quando contaram para ela quem a moça era, a jovem tomou um choque: Aquela era Natália, a esposa de Rafael. “Fiquei sem chão, sem reação e não sabia o que dizer ”, conta.

Emily não conseguia acreditar que aquilo podia ser verdade, o seu namorado era casado e fez ela de amante. “Me senti humilhada, entrei no escritório dele, devolvi meu uniforme e pedi demissão”, conta em entrevista.

No dia seguinte, Rafael apareceu na porta da casa dela tentando se explicar. Disse que realmente morava com Natália para criar o filho deles de três anos, mas que era só isso e que o grande amor da vida dele era Emily.

Ela pediu um tempo para pensar, para tentar entender tudo e, após uma semana, Emily chamou seu até então namorado para terminar o que eles tinham. Só que ela teve uma surpresa.

“Quando fui terminar, ele estava com os olhos cheio de lágrima e disse que eu ia odiar ele, mas que ele precisava me contar uma coisa. Eu, que achava que não podia piorar, tomei mais um tapa na cara: ela estava grávida”, acrescenta Emily.

Emily relata que só chorava e que começou a sentir nojo da pessoa que anteriormente amava.  “Ele disse que pediu o divórcio pra ela, mas eu me sentia um lixo, não conseguiria continuar”, conta.

Emily conta que não queria estar na situação da Natália e decidiu contar tudo para a mulher do seu ex-namorado. “Decidi contar tudo pra ela, mandei mensagem na paz, contei tudo, mandei fotos, prints dele dizendo que queria que eu estivesse grávida, não ela.”

Natália contou que ela e Rafael estavam realmente separados, mas que moravam juntos há cinco anos e ela estava esperando o segundo filho dele. “Por fim, ela agradeceu, e disse pra eu seguir em paz”, conta a jovem.

Rafael e Emily não se falam desde então. Ela fez questão de bloqueá-lo de todas as redes sociais, mesmo ainda o amando, mas diz que sabe que tomou a decisão certa. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários