Um estudo conduzido por pesquisadores na Índia com a participação de 645 mulheres entre 30 e 40 anos de 20 nacionalidades diferentes e publicado neste mês no Journal of Sexual Medicine apontou que ainda é alto o número de mulheres que afirmam jamais terem tido um orgasmo.

Leia também: Quer introduzir brinquedos eróticos na sua vida sexual? Especialista dá dicas

Orgasmo
shutterstock
Use os dedos para começar a explorar o seu corpo

A pesquisa, porém, ostenta uma limitação que não pode ser desconsiderada. Todas as participantes estão em um relacionamento monogâmico heterossexual. Essa concentração sugere que grupos importantes de aferição, mulheres solteiras heterossexuais e sexualmente ativas, solteiras heterossexuais e com vida sexual ocasional, lésbicas solteiras, lésbicas em relacionamento monogâmico, mulheres bissexuais, mulheres em relacionamento poliafetivo, entre tantos outros recortes foram desprezados, comprometendo o valor absoluto do estudo sobre orgasmo feminino.

Ainda assim, o levantamento estabelece importantes balizas como observa a ginecologista e obstetra Erica Mantelli. "A mulher depende de estímulos sonoros e táteis, diferente do homem que é excitado mais facilmente - muitas vezes apenas com estímulo visual", pontua ao justificar o tempo médio da mulher para chegar ao gozo, cerca de 13,41 minutos.

Leia também: 5 produtos eróticos que vão deixar o sexo mais gostoso para você e seu parceiro

"A mulher precisa estar 100% focada na relação sexual para conseguir identificar em seu corpo os locais onde mais sente prazer", explica a médica lembrando que a penetração nem sempre é o método mais efetivo para chegar lá.

Um jeito seguro, discreto e efetivo de explorar a própria sexualidade é adotar  brinquedos eróticos e estimulantes . A masturbação pode ser uma ferramenta importante para reclamar o próprio corpo e desejo. 

A médica comenta que a mulher tem uma grande sensação de prazer físico durante o orgasmo . "A lubrificação da vagina e a musculatura da pélvis apresentam contrações rítmicas e involuntárias - algumas mulheres sentem contrações fortes e outras, mais suaves", explica. Esse momento não dura mais do que alguns segundos, mas é arrebatador e dá para saber que aconteceu porque o corpo fica bastante relaxado. 

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

      Mostrar mais