Existem 1001 dicas que podem ajudar a melhorar a sua vida sexual. Porém, uma pesquisa indica que as pessoas que mais aproveitam o sexo seguem um hábito que não tem nada a ver com posições ou brinquedos eróticos. Na verdade, essa prática está mais ligada ao modo de agir em outras áreas da vida.

Leia também: Sexóloga dá dicas infalíveis para melhorar a vida amorosa em 2020

casal se beijando arrow-options
shutterstock
Segundo estudo, casais que classificaram o sexo como 'incrível' costumam ter metais pessoais e de relacionamento estabelecidas

O estudo foi realizado pela empresa de brinquedos eróticos CalExotics e descobriu que as pessoas que classificam o  sexo  como "incrível" são mais proativas, considerando que 93% delas têm objetivos e planos regulares para si mesmos. Além de planos pessoais, 84% também afirmou estabelecer metas com os respectivos parceiros. 

Por outro lado, apenas 52% de quem descreveu o sexo como "monótono ou não-existente" estabeleceu objetivos concretos para suas vidas e 42% tem metas de casal. 

Outra questão observada é que as pessoas satisfeitas com o sexo são as que costumam fazer terapia de casal .

Leia também: Homens revelam os principais erros das mulheres na hora do sexo

Mas, afinal, quais são essas metas?

Nas tais metas, esses casais afirmaram incluir desde planos para o relacionamento no geral e, claro, a vida sexual, até outras áreas da vida, como finanças, carreira, saúde e bem-estar. 

Entre os entrevistados, 44% disse que os objetivos estão ligados ao sexo, como ter relações com mais frequência e tentar novas posições ou fetiches, enquanto as metas de 49% são sobre a relação com o parceiro, como ser mais aberto, mais verdadeiro e mais fiel. 

Quando o assunto é dinheiro, 79% deles têm planos de se estabilizar juntos e, por isso, estão organizando gastos e orçamento. Os planos de 62% dos casais incluem praticar mais atividades físicas ou perder peso. Apenas 6% dos entrevistados afirmaram que não discutem as metas pessoais com os parceiros. 

Leia também: Mais prazer: 5 posições sexuais diferentes para testar em 2020

À Cosmopolitan UK , a psicoterapeuta de relacionamentos Kate Moyle explica como é possível fazer uma relação entre o sexo  e as metas: "Pessoas que estabelecem objetivos tendem a ser focadas naquilo que elas querem, o que também acontece com a vida sexual. Assim, se essa pessoa tiver uma meta, como chegar ao orgasmo, por exemplo, vai focar nisso durante a relação", finaliza.


    Veja Também

      Mostrar mais