Tamanho do texto

Chloe Holme acreditava que Jack* era "o cara perfeito" até descobrir que ele a traiu uma semana depois do bebê deles, George, nascer; entenda a história

A inglesa Chloe Holme, de 18 anos, namorava Jack*, de 19, quando ficou grávida. Na época, o rapaz se mudou para a casa da parceira, em Exeter, Inglaterra, e, assim,  se preparem para a chegada do bebê, George. Isso fez a jovem acreditar que tinha a família perfeita — até descobrir uma traição entre Jack e uma amiga do casal uma semana depois do parto.

Leia também: Mulher conta como descobriu traição após marido se "interessar" por cavalos

Chloe com o bebê, George, e Jack arrow-options
Reprodução/Facebook
Chloe descobriu a traição de Jack* e de uma amiga do casal, Emma, uma semana após o bebê deles, George, nascer

Ao The Sun , Chloe lembra como Jack parecia ser o "cara perfeito" antes da traição . "Eu quis ficar com ele desde que o vi. Nos conhecemos trabalhando juntos em 2017 — tínhamos muito em comum. Ele era verdadeiro, engraçado, bonito e tinha um coração de ouro. Nós também tínhamos muitos amigos em comum — incluindo Emma*", conta. 

Ela conta que acreditava que Jack era um " perfeito cavalheiro", sempre dando presentes e a levando para encontros românticos. A reação do rapaz sobre a gravidez inesperada, com oito meses de relacionamento, também foi algo que a surpreendeu.

"Eu estava em choque, tomava anticoncepcional e nós não estávamos planejando ter um bebê. Apesar disso, fiquei animada quando vi o teste positivo. Imediatamente liguei para ele, nervosa enquando esperava por sua reação", diz.

No começo, ele ficou chocado, mas veio direto para minha casa e sentou comigo, olhando para o teste antes de dizer: 'Acho que isso pode ser algo bom para nós'." Eu fiquei aliviada. 'Pensei que você fosse terminar comigo', falei. Ele riu e me abraçou, dizendo que ia ser pai", conta.

Então, os dois começaram a morar juntos na casa de Chloe — onde ela morava com os pais — e prepararam tudo para receber o bebê. "Ele era um namorado dedicado, corria para comprar comida quando eu tinha um desejo e ia comigo nas consultas", comenta.

Leia também: Após traição, mulher briga com família e se casa com amante: "Não me arrependo"

Parto, recém-nascido e traição

O parto não foi uma experiência tão tranquila quanto a gravidez. "Eu precisei passar por uma cesariana de emergência com 39 semanas — depois que meu bebê parou de se mexer.  Fiquei com muito medo, mas Jack estava me acalmando e quando nosso filho, George, foi colocado nos meus braços, parei de me preocupar. Olhei para Jack e ele estava chorando. Tudo parecia perfeito naquele momento", relata. 

Alguns dias depois, quando a família já estava em casa, Emma foi visitá-los e levou presentes para George. "Eu fiquei surpresa. Apesar de sermos amigas, não éramos tão próximas, mas fiquei grata pela generosidade. Depois de segurar o bebê por um tempo, Emma se levantou para ir embora e olhou para Jack de um jeito que me deixou desconfortável", destaca.

"Ele ficou nervoso pelo resto da tarde e, no dia seguinte, disse que iria passar a noite na casa da mãe para 'ter uma noite decente de sono'. 'Estou acabado', disse. Eu estava em choque com o quão egoísta ele estava sendo. Era uma atitude que não combinava com ele e só fazia uma semana do parto. Mas George não estava dormindo direito e eu estava tendo dificuldade para amamentar, então as coisas realmente estavam estressantes em casa", afirma Chloe. 

Apesar de acreditar que Jack voltaria descansado, a jovem continuou achando que ele estava 'agindo de forma estranha'. Quando questionado, o rapaz disse que 'só estava cansado'. "Todos nós estamos. Ninguém disse que ia ser fácil ter um recém-nacido, falei para ele. Sabia que não era apenas cansaço, ele estava distante e ficava checando o celular o tempo todo", desabafa.

Dias depois, ela recebeu uma mensagem de Emma contando que ela havia dormido com Jack. "Fiquei em choque. Alguns dias antes ela estava na minha casa, mimando meu filho. Ela disse: 'É a verdade. Aconteceu naquele dia que ele foi dormir na casa da mãe. Eu achei que você deveria saber'. Me senti fisicamente doente", relata.  

Chloe questionou o namorado e disse que 'ele ficou com o rosto pálido', mas que logo adimitiu o affair, que aconteceu uma semana depois do filho deles nascer. "Foi um erro. Eu estou muito culpado sobre isso. Eu estava confuso, porque tudo estava acontecendo tão rápido com você e George. Eu estava cansado e emocional, ele me disse", aponta.

A inglesa respondeu: "Não Jack, eu estou cansada e emocional. Não foi você que fez uma cesariana. Eu que fico a noite toda acordada com George. É assim que você me trata? Depois de eu acabar de ter o seu filho?".

Chloe pediu para ele sair da casa dela e contou o ocorrido para a mãe, que recolheu as coisas do rapaz e lhe aconselhou a não deixá-lo voltar mais. "Minha confiança estava abalada. Jack pediu outra chance, mas meu coração estava partido e eu mal conseguia olhar para o rosto dele quando ele vinha ver George."

Leia também: Mulher conta como descobriu traição do marido durante a lua de mel

Dias depois, Jack e Emma anunciaram o namoro. "Eles terminaram alguns meses depois, mas nunca mais vou voltar com ele depois da traição . Estou focada em criar nosso filho e sei que estou muito melhor sem ele", finaliza a jovem. 

*Jack e Emma são nomes fictícios