Tamanho do texto

Segundo o levantamento feito pelo Pornhub, as brasileiras, por exemplo, preferem 71% mais vídeos de cosplay do que mulheres de outros países

Em 2019, o fato de muitas  mulheres assistir a filmes eróticos não deveria ser uma surpresa. Ao longo dos anos, elas têm trabalhado duro para quebrar esse tabu, falando sobre entretenimento adulto “de igual para igual” - o que contribui com o aumento do acesso feminino à pornografia para mulheres.

A categoria de sexo lésbico é a mais clicada por elas, quando o assunto é pornografia para mulheres
shutterstock
A categoria de sexo lésbico é a mais clicada por elas, quando o assunto é pornografia para mulheres

Um levantamento feito pelo site de compartilhamento de vídeos eróticos Pornhub mostra quais são as categorias pornográficas que elas mais consomem. De acordo com os dados, o sexo lésbico está no topo da lista de pornografia para mulheres . Além disso, a pesquisa aponta que o interesse feminino por esse tipo de conteúdo é 151% maior do que o dos caras.

Filmes de mulheres tendo relações com outras mulheres provavelmente são populares entre esse público porque eles são elaborados tendo o espectador feminino em mente. Vanessa Marin, psicoterapeuta e terapeuta sexul, afirma ao portal britânico  Mind Body Green que, em geral, as mulheres tendem a gostar de ver sexo lésbico porque enfatiza o prazer feminino.

“O pornô heterossexual é tipicamente feito para enfatizar o prazer masculino, então não há muito para as mulheres nesses vídeos”, diz.

Apesar de a maioria preferir o pornô lésbico, outras categorias também foram citadas, como o hentai (que é uma classificação de animação erótica), mais popular em países como Rússia e Peru, enquanto no continente africano, as mulheres preferem conteúdos relacionados a pessoas negras.

Leia também: Áudios eróticos: mulheres buscam outra forma de consumir sexo

Pornografia para mulheres no Brasil

Os hábitos de pornografia para mulheres varia muito de acordo com a cultura de cada país, segundo a pesquisa
shutterstock
Os hábitos de pornografia para mulheres varia muito de acordo com a cultura de cada país, segundo a pesquisa

A pesquisa Pornhub também analisa quais categorias são populares em cada país. Sem surpresa, o pornô brasileiro é o mais popular no Brasil, com 862% das mulheres brasileiras clicando nessa seção em comparação com aquelas em outros lugares do mundo.

O levantamento mostra ainda que filmes com pessoas trans são 71% mais consumidos pelas mulheres daqui do que em outros lugares. Além do conteúdo cosplay, preferido por brasileiras 58% mais em relação à outras mulheres no mundo.

Os hábitos de visualização são muito diferentes em outros países. As britânicas, por exemplo, além de preferirem vídeos britânicos e lésbicos, são as que mais consomem conteúdos que tenham sexo violento. Já as alemãs parecem preferir clipes com temas de fetiche, como vídeos relacionados a pés e com micção.

Leia também: "Aprender" com a pornografia pode prejudicar os orgasmos e o sexo na vida real

Na Argentina e na França, a pornografia para mulheres envolve filmes de traição. Vídeos "românticos" são muito apreciados na Índia e nas Filipinas, enquanto a pornografia "vintage" é mais apreciada pelas mulheres na Suécia.

    Leia tudo sobre:
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.