Tamanho do texto

Esquentar, gelar, sentir choque e até vibrar; conheça os diferentes tipos de lubrificantes disponíveis no mercado e saiba como começar a usar o produto

De acordo com um levantamento realizado pela Vagisil, a cada quatro mulheres, três sofrem de problemas como dor durante o sexo e outros desconfortos na região íntima. O principal fator que causa incômodos durante o sexo é a falta de lubrificação natural íntima. O que muitas mulheres não sabem é que há uma solução para isso mais simples do que se imagina: lubrificação artificial. Mas, como usar lubrificante?

Saber como usar lubrificante pode ser um grande aliado na hora de ter mais prazer durante a masturbação ou relação sexual
shutterstock
Saber como usar lubrificante pode ser um grande aliado na hora de ter mais prazer durante a masturbação ou relação sexual

Seja para a masturbação ou para a penetração, os lubrificantes íntimos são produtos eróticos interessantes para dar uma ajuda quando a lubrificação natural não é tão boa. Além de facilitar o ato sexual em si, há uma variedade de produtos que causam diferentes sensações, como quente, frio e até vibração. Por isso, saber como usar lubrificante pode ser uma grande vantagem para sentir mais prazer.

Entre os mais procurados produtos eróticos, os lubrificantes vaginais e anais são uma ótima ferramenta para quem quer apimentar a relação, aumentar a libido e vivenciar novas sensações, seja durante a masturbação ou no sexo a dois.

Como usar lubrificante?

Como usar lubrificante? Você pode usar o produto para ajudar durante a masturbação ou penetração vaginal e anal
shutterstock
Como usar lubrificante? Você pode usar o produto para ajudar durante a masturbação ou penetração vaginal e anal

O lubrificante é um produto que faz com que a experiência sexual seja mais confortável. Com ele, o pênis ou o vibrador desliza mais facilmente e o atrito com a vagina é menor, proporcionando uma sensação de prazer ainda maior. Além disso, a masturbação também se torna mais fácil e a mulher sente mais conforto ao se tocar.

A princípio, a forma como o lubrificante será usado vai mudar conforme a prática sexual. Essa variação vai de acordo com combinação entre a prática e a base do produto, seja ela água, óleo ou silicone.

Pensando na hora do sexo, é sempre interessante fazer brincadeiras e preliminares para que os envolvidos fiquem bastante excitados para a relação sexual em si. Nesse momento, o lubrificante pode ser um aliado dos casais. A dica aqui é estimular as áreas erógenas, como os seios, para proporcionar ainda mais prazer. Além disso, o produto também é indicado para a massagem tântrica.

Para quem gosta de se masturbar com as mãos, é indicado aplicar algumas gotinhas do produto na ponta dos dedos e começa a tocar o clitóris. Isso vai fazer com que a mulher sinta o toque mais suave e delicado, conseguindo atingir novos níveis de prazer. Já para aquelas que preferem o vibrador, o uso do lubrificante não é apenas prazeroso, como também muito indicado.

Além disso, o produto é fundamental para quem quer se aventurar no sexo anal. Afinal, diferente da vagina, a região não possui lubrificação íntima natural. Nesse caso, o lubrificante é essencial para que a prática aconteça de forma prazerosa e sem dor.

Tipos de lubrificante e para que serve cada um deles?

Saber como usar lubrificante é interessante para deixar a prática do sexo a dois ou da masturbação mais confortável
shutterstock
Saber como usar lubrificante é interessante para deixar a prática do sexo a dois ou da masturbação mais confortável

Abaixo listamos os principais tipos de lubrificantes disponíveis no mercado e suas funcionalidades. Assim, fica mais fácil saber como usar lubrificante e qual você deve comprar:

  • Base de água

O lubrificante a base de água é o mais comum e o mais indicado. De acordo com Julio Cavadas, especialista em produtos eróticos da Innuendo, dificilmente ele vai causar algum tipo de alergia e ele é o único indicado para a relação sexual com preservativo, já que não há interferência entre a composição da camisinha e da água.

Existem diferentes tipos de lubrificantes a base de água, o que vai mudar entre eles é a textura. O profissional explica que alguns têm a absorção mais rápida, pensados para as mulheres que não gostam da sensação de que estão usando algo pegajoso e artificial durante o ato. Já outro, tem uma viscosidade maior para tentar imitar a lubrificação natural da mulher.

  • Silicone

Julio explica que os lubrificantes de silicones são para a masturbação. Com um toque aveludado, ele não perde a viscosidade, portanto, não é preciso ficar repondo o produto – diferente do lubrificante a base de água. Isso acontece porque o silicone cria uma espécie de película no órgão, impedindo de perder a lubrificação.

Alguns cuidados são necessários em relação ao uso desse produto. O uso combinado com a camisinha não é indicado, já que ele reage com o preservativo, ressecando e podendo estourar. Além disso, não pode ser colocado na boca, e dildos de borracha ou de silicone não podem ser usados com ele, pois há uma reação e o brinquedo é estragado.

Você pode usar esses lubrificantes com dildos de vidro e plugs anais de metal. Outro ponto interessante é que ele facilita a penetração na água. Porém, mais uma vez, é preciso ter cuidado, afinal, a camisinha é sempre indicada para a penetração.

  • Excitantes

Segundo Julio, há também os lubrificantes excitantes que esquentam, pulsam e vibram e até causam pequenos choques, proporcionando ainda mais prazer e facilitando o orgasmo. Entre eles, há um específico para a prática de sexo anal. “O excitante anal tem um leve mentolado que vai ajudar no relaxamento do ânus para a penetração”, explica o profissional.

Feito a base de óleo, o lubrificante excitante anal tem a mesma textura do silicone. O diferencial está no fato de que pode ser usado com a camisinha, já que não resseca o preservativo. Além disso, é beijável e pode ser usado tanto por mulheres quanto por homens.

  • Sensibilizantes

Há também os lubrificantes sensibilizantes. Entre eles, existe um específico para a prática de garganta profunda, que vai sensibilizar a região e facilitar o sexo oral. Também existem aqueles que vão gelar e proporcionar uma sensação de “Halls preta” durante o sexo oral.  

Além disso, existem os sensibilizantes anais que servem para amenizar a dor do começo da prática da penetração anal.

  • Géis

Por fim, há no mercado os géis vibratórios que causam a sensação se vibração no órgão sexual. Também existem os géis eletrizantes que fazem com que a pessoa sinta que está tomando um choque. Para saber se gosta da sensação, Julio recomenda experimentar passando na boca. “No órgão sexual a sensação será de duas a três vezes mais forte”, fala.

Agora que você já aprendeu como usar lubrificante , é hora de escolher os que mais combinam com os seus desejos na hora do sexo e levá-los para a cama para vivenciar uma nova experiência sexual.